Províncias

Chuva causa dissabores aos moradores da Samba

César André |

À semelhança do que acontece com as populações que vivem em casebres nas encostas do bairro da Boavista, quando chove torrencialmente, os moradores do morro da Samba Pequena enfrentam as mesmas dificuldades.

Moradores do morro correm risco de vida
Fotografia: Kindala Manuel

As fortes chuvas que se abateram um pouco por toda a Luanda causaram muitos estragos e desgraça às populações que vivem naquele morro.
Além de ceifar duas vidas humanas, a chuva inundou  residências na área da cerâmica e destruiu parcialmente a estrada que liga o largo da Santa Bárbara, bairro da Coreia, passando pela área do Kim Ribeiro até ao bairro do Antigo Controlo, tornando-as intransitáveis.
Vários apelos são feito pelas autoridades municipais para  as populações deixarem de viver naquela localidade caracterizada de risco mas os alertas são ignorados pelas pessoas que insistem em habitar no local.  
No morro da Samba Pequena é notório observar que não existem condições para os moradores continuarem a viver naquelas condições.
Num ápice as populações construíram no cimo do morro e quando chove é um "deus nos acuda". As casas construídas anarquicamente sem condições de habitabilidade, saneamento básico e outros serviços correm o risco de desabar todas as vezes que São Pedro decide abrir as torneiras.

Tempo

Multimédia