Províncias

Cidade do Sequele fica privada de água

O porta-voz da Empresa de Águas de Luanda (EPAL), Domingos Paciência, anunciou ontem interrupções no fornecimento de água na centralidade do Sequele, Pólo Industrial de Viana, Brigada Especial de Trânsito,

Depósito de Medicamentos e outras zonas da capital devido a uma rotura causada pela perfuração da conduta de 600 milímetros. Domingos Paciência fez saber que a empresa de drenagem responsável pela montagem de pedonais na via expresso danificou ontem a conduta de água de 600 milímetros, restringindo o abastecimento de água à Centralidade do Sequele e áreas adjacentes.  O porta-voz da EPAL disse que os técnicos da empresa  estão no terreno para repor o abastecimento de água nas próximas horas. Segundo Domingos Paciência, a EPAL apela às empresas de construção, de recolha de lixo e de lançamento da fibra óptica e de cabos eléctricos no sentido de contactá-la antes de qualquer intervenção para que lhes sejam fornecidas as cartas técnicas, de modo a evitar danos nas condutas e constrangimentos no fornecimento de água às populações.

Tempo

Multimédia