Províncias

Direcção Municipal de Turismo trabalha para arrecadar receitas

A Direcção Municipal do Turismo do Icolo e Bengo, em Luanda, prevê  fazer este ano um levantamento dos locais turísticos e das unidades hoteleiras da região.

Ponte da Cabala no Icolo e Bengo atrai muitos turistas principalmente estrangeiros
Fotografia: JAIMAGEM

Este trabalho de inventariação vai permitir que as pessoas conheçam  os locais turísticos  no interior do município,  nomeadamente o local onde houve o massacre de Calomboloca e o  templo dos Tokoístas, no centro de Catete.
O plano anual de trabalho prevê   visitas às unidades hoteleiras para uma análise da participação do sector no desenvolvimento do município.Icolo e Bengo possui   um  hotel de duas estrelas e  sete aldeamentos turísticos, dos quais dois se encontram em obras.
A descoberta, exploração e valorização dos recantos turísticos são uma forma de atrair potenciais investidores neste sector.
O município de Icolo e Bengo, rico em recursos hídricos e em terras para o cultivo, possui 74.644 habitantes que praticam como actividade principal a agricultura e dista  60 quilómetros a leste de   Luanda.

Tempo

Multimédia