Províncias

Lego mostra uma réplica de nave em tamanho real

A dinamarquesa Lego apresentou na quinta-feira, em Nova Iorque, o maior modelo já montado com as suas peças: uma réplica em tamanho real de uma das naves da saga “Guerra das Estrelas” (Star Wars).

O espectacular modelo, instalado ao ar livre na Times Square, é composto por mais de 5,3 milhões peças de Lego, pesa 20 toneladas e exigiu 17 mil horas de trabalho de 32 construtores, destacou a empresa.
A nave do tipo “X-Wing”, igual à utilizada por Luke Skywalker para destruir a Estrela da Morte na trilogia original do filme “Guerra das Estrelas”, faz parte da promoção da série animada “As crónicas de Yoda”, que vai ser lançada na próxima quarta-feira pelo canal Cartoon Network.
“Já montei coisas bem grandes com Lego, mas esta é a maior”, disse Erik Varszegi, chefe de construção da companhia dinamarquesa, durante a cerimónia de inauguração.
“É uma réplica em tamanho real. Isso significa que na mesma escala construída para o filme”, destacou.
A montagem e o transporte da “X-Wing” por si só valiam um filme, já que a nave começou a ser construída há um ano, na República Checa, antes de ser levada para os Estados Unidos.
Ao chegar aos Estados Unidos, a nave ficou num depósito em Nova Jersey, de onde foi levada de camião, dividida em três partes, para a Times Square quarta-feira à noite. A nave ficou na Times Square até ontem, e foi levada para o “Legoland California Resort”, no subúrbio de San Diego, para ser exibida até ao fim do ano.
O filme “Guerra das Estrelas”, uma criação de George Lucas, adquiriu estatuto de filme logo na sua estreia, em 1977, a que se seguiu “O Império Contra - Ataca” (1980) e “O Regresso de Jedi” (1983). 
No final dos anos 90, George Lucas decidiu acrescentar à série três novos filmes, que se desenvolveram cronologicamente antes do primeiro episódio.
A marca “Star Wars” pertence actualmente à Disney, que comprou a empresa de George Lucas no ano passado e já anunciou novos episódios.

Tempo

Multimédia