Províncias

Ligações perigosas na rede de energia eléctrica

Yara Simão |

Luanda continua a registar na maioria dos bairros anarquia na situação de energia, mesmo com o modelo de pré-pago. No bairro do Cassenda, na rua da famosa discoteca Cira, os cabos da luz já estão a cair e à mostra, dando um mau aspecto à capital do país.

Brigadas da ENDE estão fazer cortes nas ligações anárquicas feitas por indivíduos que se furtam a pagar o consumo de energia eléctrica
Fotografia: Mavitidi Mulaza

Qualquer pessoa   consegue   tocar nos fios. Alguns deles já estão podres devido ao sol, e com as enxurradas que Luanda tem registado degradam-se ainda mais. Este cenário deixa o perigo à espreita.
O mesmo episódio se vive  nas Bs e nas Cs no município do Rangel. Apesar de a energia consumida ser pré-paga, esta a ser distribuída por fases. Alguns jovens sem conhecimento de engenharia electrónica, mas com  curiosidade de ligar um negativo e um positivo estão de hora a hora nos telhados atrás de uma “puxada” ou “gato”     a energia puxada do vizinho com ou sem o seu consentimento.
Nos bairros  onde os “gatos” prevalecem ninguém pode  armar-se em queixoso, pois, descoberto, os fios eléctricos  da sua casa para o posto geral são cortados pela população. Isto faz com que bons cidadãos se calem com medo de represálias e de correr o risco de não ter energia eléctrica por muito tempo.

Tempo

Multimédia