Províncias

Mais escolas e mercados em Luanda

Neusa de Menezes |

O presidente da Comissão Administrativa da cidade de Luanda, José Tavares, reinaugurou ontem duas escolas do ensino primário no Sambizanga e os mercados populares dos bairros  São Paulo, Popular, da Avenida 21 de Janeiro, e dos bairros Sambizanga e  Rocha Pinto.

O presidente da Comissão Administrativa da cidade de Luanda, José Tavares, reinaugurou ontem duas escolas do ensino primário no Sambizanga e os mercados populares dos bairros  São Paulo, Popular, da Avenida 21 de Janeiro, e dos bairros Sambizanga e  Rocha Pinto.
As escolas reinauguradas estão localizadas no bairro Ngola Kiluanje e São Pedro da Barra e foram reabilitadas no âmbito do Programa de Investimentos Públicos.
A primeira escola, com o número 4026, dispõe de sete salas de aulas para 630 alunos, quatro WC e uma secretaria. A segunda tem 17 salas de aulas para 1.530 alunos, matriculados nos períodos da manhã e tarde, segundo a administradora do distrito do Sambizanga, Maria Regina. “Nesta primeira fase, asescolas não vão leccionar no período nocturno”, referiu.
Os alunos solicitaram ao presidente da Comissão Administrativa de Luanda a construção de escolas do segundo ciclo para darem sequência aos estudos.
O vice-presidente da Comissão Administrativa de Luanda, Agostinho da Silva, garantiu que a preocupação das crianças foi ouvida e “vamos procurar cumprir com esta tarefa em breve”.

Tempo

Multimédia