Províncias

Tribunal condena cidadãos por suborno

André da Costa |

O Tribunal Provincial de Luanda condenou ontem quatro cidadãos por suborno às autoridades policiais na pena de 60 dias de prisão convertidos em multa de 60 mil kwanzas.

Serviço de Protecção Civil e Bombeiros de Luanda registou várias ocorrências entre as quais dois incêndios causados por curto-circuito
Fotografia: João Gomes

Durante a operação denominada Monangambe, que visa o combate ao transporte de passageiros em veículos de mercadorias, foram igualmente multados 11 condutores por esta prática reprovada pelo Código de Estrada.  
Nesta operação, a Polícia Nacional aplicou 179 multas, apreendeu 10 viaturas, 137 motorizadas e registou um acidente de viação cujos danos materiais estão avaliados em mais de 800 mil kwanzas.  O Comando Provincial de Luanda da Polícia Nacional deteve também 15 cidadãos implicados supostamente no cometimento de vários crimes diversos na capital, segundo o oficial de informação,  Quintino Ferreira.
O Serviço de Protecção Civil e Bombeiros de Luanda registou 12 ocorrências, entre as quais dois incêndios, causados por curto-circuito, e que afectaram habitações e área comercial.
Os incêndios ocorreram nos Distritos Urbanos da Maianga e da Ingombota. Houve o registo de desencravamento de um elevador na centralidade do Kilamba, edifício J 22, no terceiro  andar.
O Serviço de Protecção Civil e Bombeiros registou ainda nove casos de ajuda pré-hospitalar com a evacuação de nove cidadãos para o hospital por patologias diversas, na centralidade de Sequele, nos distritos urbanos da Ingombota  e Maianga e no município de Viana. 
O porta-voz dos bombeiros em Luanda, Faustino Miguéns, apelou aos cidadãos para se prevenirem das fortes chuvas  que podem cair em Luanda, segundo o INAMET, pelo que devem adoptar medidas preventivas e evitar fazer uso das praias.

Tempo

Multimédia