Províncias

Lubango dá prioridade ao saneamento básico

Estanislau Costa | Lubango

O realojamento de dezenas de famílias residentes em zonas de risco e a melhoria do saneamento básico, constam na agenda de prioridades do novo administrador municipal do Lubango, Armando Vieira, apresentado ontem à população local.

Novo administrador (à direita) foi apresentado ontem
Fotografia: Arimateia Baptista | Edições Novembro

 “Só unidos e com trabalho árduo podemos devolver a beleza à cidade do Lubango”, disse Armando Vieira, durante o acto de apresentação, adiantando que o seu elenco vai tomar medidas para combater a proliferação ilegal de mercados. Ex-administrador municipal de Quilengues, Armando Vieira está a dirigir o principal  município da província, repartido em três comunas, e habitado por mais de um milhão de habitantes, entre os quais três mil famílias  a viverem  às margens de riachos e de valas de drenagem.
Estas  famílias  aguardam pela transferência para espaços já definidos no bairro da Mitcha, comunas do Toco, Arimba e Kilemba, onde estão loteados várias  parcelas de terrenos.
As autoridades locais alegam que a crescente imigração de populares do interior da província para o centro da cidade do Lubango está a originar o surgimento de vários focos de lixo e o aumento da criminalidade em quase todos os bairros da urbe.
Segundo um relatório da Polícia Nacional, nos últimos dias,  mais de 70 sistemas pré-pago de energia eléctrica e cabos de alta tensão foram roubados em bairros periféricos da cidade. Os malfeitores vandalizaram ainda infra-estruturas escolares e hospitalares.

Tempo

Multimédia