Províncias

Lunda-Sul conta com mais empreendimentos sociais

João Salvo | Saurimo

O Governo da província da Lunda-Sul coloca à disposição da população, no decurso deste ano, 94 salas de aula e duas novas infra-estruturas sanitárias, com realce para um hospital municipal e um centro materno infantil, ambos com capacidade de 120 camas, anunciou o director do Gabinete Provincial das Infra-estruturas e Serviços Técnicos do governo local.

Panorâmica da cidade de Saurimo, onde estão em execução várias obras de impacto social
Fotografia: João Salvo | EDIÇÕES NOVEMBRO

Cláudio Pemessa, que falava em conferência de im-prensa, em resposta às inquietações apresentadas pelos munícipes na “página oficial” do Governo Provincial, sobre os projectos em curso, destacou que as referidas obras estão inscritas num conjunto de acções gizadas no quadro do Programa de Investimentos Públicos, que visam contribuir para a melhoria da oferta de serviços sociais básicos às populações.
Destacou ainda a conclusão do edifício do Gabinete da Educação e da Casa da Juventude, bem como um centro de acolhimento de familiares em conflito, a ser construído nos arredores do bairro Muangueji, assim como a reabilitação do lar que acolhe crianças desfavorecidas, três quadras polidesportivas no bairro Txizaínga II, a reabilitação de passeios e as valas de drenagem.
Sobre esta última empreitada, Cláudio Pemessa sublinhou que o projecto visa contribuir para a melhoria da imagem da cidade de Saurimo. Entre as acções em curso apontou, também, a reabilitação do edifício das repartições públicas, do monumento da Igreja Católica, edifício da Acção Social e Igualdade de Género, dois Institutos Médios Politécnicos, sendo um vocacionado para a formação de técnicos de saúde em Saurimo, bloco operatório e respectiva sala de Raio X no hospital do Dala, a ampliação da morgue do Hospital Geral da Lunda-Sul, que terá 42 gavetas, e a construção de dois campos de futebol, nos municípios de Cacolo e de Muconda. No domínio das infra-estruturas rodoviárias, decorrem os trabalhos na estrada nacional 180, no troço Saurimo/Dala, cujas obras terminam este ano, e a reabilitação da estrada 240 que liga a sede municipal do Dala à comuna de Cazage, interligando a sede municipal de Muconda.
Sobre a contenção das ravinas na sede da província, realçou que decorrem trabalhos de levantamentos topográficos, desenvolvidos por técnicos do Ministério da Construção e Obras Públicas. A prioridade do estancamento destas ravinas recai para aquelas que ameaçam destruir os empreendimentos Shoprite, Lar 1º de Dezembro e da Fina, nos arredores da cidade, e as que ameaçam cortar a estrada nacional 230.
Em relação às obras do estádio de futebol, paralisadas há cerca de dois anos, referiu que é da responsabilidade do Ministério da Juventude e Desportos, mas que o seu reinício depende de financiamento.

Tempo

Multimédia