Províncias

Abertas candidaturas a bolsas de estudo

Armando Sapalo | Dundo

O director provincial da Educação na Lunda Norte, Bartolomeu Dias Sapalo, anunciou sexta-feira, no Dundo, a abertura do processo de candidaturas para o preenchimento de vagas de bolsas de estudo no Brasil, atribuídas através do Instituto Nacional de Bolsas (INAB).

Atribuição de bolsas tem como objectivo complementar as acções de formação em curso no país que visam garantir quadros qualificados
Fotografia: Eduardo Pedro

Bartolomeu Dias Sapalo explicou que não foram concedidas quotas específicas para a província, tendo em conta que a representação diplomática do Brasil em Angola colocou à disposição 450 vagas, que vão ser disputadas por todos os países da Lusofonia. O processo de inscrição, que teve início no passado dia 10 e termina a 16, é célere, pois a próxima etapa consiste na avaliação e selecção das candidaturas dos futuros bolseiros, segundo Bartolomeu Dias Sapalo. 
O responsável esclareceu que os interessados podem apresentar as suas candidaturas na direcção provincial da Educação ou procederem ao envio directamente à representação diplomática do Brasil em Angola.
Os apurados no processo de avaliação vão frequentar cursos de Licenciatura e Mestrado, a partir do próximo ano, na Universidade Internacional Luso-Brasileira, disse Bartolomeu Dias Sapalo, antes de ressaltar que as autoridades aguardam uma grande adesão por parte da comunidade estudantil da província.
Os candidatos, explicou, devem reunir requisitos como bom comportamento e aproveitamento escolar aceitável, no sentido de estarem aptos à triagem que vai ser feita pelo Instituto Nacional de Bolsas, em coordenação com membros da embaixada brasileira. A atribuição de bolsas de estudo pelo Brasil, no âmbito do fortalecimento das relações de amizade entre os países da Comunidade de Países de Língua Portuguesa, dá prioridade a cursos de ciências de educação, como matemática e linguística, e áreas de formação técnica e profissional, ligadas à engenharias e agronomia.
O director provincial da Educação sublinhou a necessidade de a juventude estudantil da Lunda Norte tirar o máximo proveito das oportunidades que estão a ser criadas pelo Executivo, em parceria com as representações diplomáticas em Angola, no quadro do Plano Nacional de Formação de Quadros (PND) 2013/2020. O director provincial da Educação, Bartolomeu Dias Sapalo, afirmou que a implementação do Plano Nacional de Formação de Quadros na província da Lunda Norte está a obter resultados satisfatórios.
Bartolomeu Dias Sapalo revelou que a província tem mais de  20  jovens a receber formação académica em diversas áreas no estrangeiro, nomeadamente na Rússia e em Cuba, através de bolsas concedidas pelo INAB.
No princípio deste mês, três jovens da Lunda Norte, que recentemente beneficiaram de bolsas de estudo, seguiram viagem para a China, onde vão frequentar cursos de Arquitectura, Construção Civil e Mecânica.
Nos próximos dias, adiantou o director provincial da Educação, um outro grupo de bolseiros da província parte para a Rússia, Tunísia, Hungria e Argélia, onde vão frequentar cursos de Medicina, Engenharia Informática, Construção Civil e Ciências de Educação. A atribuição de bolsas externas tem como objectivo complementar as acções de formação em curso no país, que visam assegurar uma formação profissional de excelência para a administração pública e garantir a capacitação de quadros qualificados.

Tempo

Multimédia