Províncias

Acidentes de trabalho em análise na província

Flávia Massua|Catoca

Trabalhadores da Sociedade Mineira do Catoca (SMC) participam, desde quinta-feira, numa acção de prevenção contra acidentes de trabalho e doenças profissionais, numa promoção da direcção da maior empresa diamantífera angolana.

As autoridades locais pretendem fazer com que os acidentes de trabalho diminuam
Fotografia: Jornal de Angola

Na abertura da actividade, denominada “Semana interna de prevenção contra acidentes de trabalho e doenças profissionais”, a chefe de departamento de sustentabilidade da SMC, Engrácia Soito, considerou de “normal” a segurança do trabalho na empresa, esclarecendo que este ano apenas foram notificados 20 casos de pequena escala.
O objectivo principal da actividade é o esclarecimento dos trabalhadores sobre a importância de uma “cultura de prevenção”, para evitar desastres futuros, referiu.
A SMC possui um convénio com a ENSA, cobrindo 70 por cento do seguro de saúde para os trabalhadores que auferem mais de 100 mil kwanzas e total para aqueles que estão abaixo deste valor, incluindo mais quatro familiares.
No referido encontro, os trabalhadores da SMC abordam as estratégias de prevenção do VIH/Sida, organização e bom funcionamento dos serviços de segurança, higiene e saúde no trabalho, absentismo, aspectos comportamentais no local de trabalho, obrigatoriedade da empresa estar segurada, assim como vantagens e desvantagens da protecção social.
O apoio às comunidades circunvizinhas, responsabilidade do corpo de bombeiros na salvaguarda da propriedade, integridade física e humana e o absentismo estão igualmente em abordagem.

Tempo

Multimédia