Províncias

Apelo às famílias para denunciarem abusos às crianças

João Silva | Dundo

A directora provincial da Família e Promoção da Mulher na Lunda Norte, Domingas Zeferino, exortou ontem, no Dundo, para a coragem na denúncia de casos de abusos contra crianças no seio das famílias, no sentido dos seus autores serem punidos de forma exemplar.

A apresentação de queixa e a consequente penalização podem ajudar em grande medida a diminuir os casos a nível das comunidades.
Domingas Zeferino avançou que os adultos, antes de agirem sobre um problema que envolva os menores, devem ter em conta a condição de vulnerabilidade e maturidade física e mental da criança, bem como a necessidade de desenvolvimento de acções tendentes ao seu bem-estar.
Deste modo, a directora da Família e Promoção da Mulher convidou todas as forças da sociedade a reflectirem com responsabilidade e assumirem uma atitude saudável perante a criança, no sentido de acabarem os relatos de episódios de agressões de vária ordem contra os pequenos.
A directora dos serviços provinciais do Instituto Nacional da Criança , Madalena Alentejo, destacou a violação dos direitos da criança como um factor que constitui uma das maiores preocupações da instituição, que trabalha na defesa e promoção dos direitos da criança. Em torno do mês dedicado a si, as crianças da Lunda Norte pediram para que os pais e todos os membros da sociedade civil assumam com maior responsabilidade e dedicação o seu papel no seio familiar.

Tempo

Multimédia