Províncias

Aumenta número de alunos no sistema normal de ensino

Victorino Matias | Dundo

Mais de mil crianças do Cuango, Lunda-Norte, foram inseridas, este ano, no sistema de ensino, com a entrada em funcionamento de duas escolas construídas pela administração municipal, revelou, na terça-feira, o chefe da repartição da Educação.

Novas escolas fazem com que mais crianças possam aprender a ler e escrever
Fotografia: Jornal de Angola

Mais de mil crianças do Cuango, Lunda-Norte, foram inseridas, este ano, no sistema de ensino, com a entrada em funcionamento de duas escolas construídas pela administração municipal, revelou, na terça-feira, o chefe da repartição da Educação.
 As duas escolas, construídas no quadro do programa de intervenção municipal, situam-se nos bairros Samamba e Gica.José Maximata disse que o município, com 35.893 alunos, tem 52 escolas, sete das quais do primeiro ciclo, uma do segundo e 44 do ensino primário.
O Cuango dispõe de 453 professores, número que aquele responsável considera insuficiente, tendo em conta a quantidade de alunos e de novas escolas, sobretudo nas zonas rurais.
“Há muito que não admitimos novos professores, mas acredito que, com o concurso público promovido este ano, vamos aumentar o seu número para cobrirmos as zonas mais necessitadas”, afirmou.
José Maximata lamentou que mais de cinco mil alunos tenham abandonado as aulas no ano lectivo de 2010 devido a problemas sociais dos encarregados de educação.
“As crianças nunca vivem muito tempo num local porque os pais mudam constantemente de residência à procura de emprego seguro”, disse José Maximata.

Tempo

Multimédia