Províncias

Autoridades provinciais garantem apoio à escola

Armando Sapalo| Dundo

O Governo Provincial continua a apoiar a Escola Superior Pedagógica, com a criação de condições para a formação ininterrupta de professores que assegurem os sistemas de ensino geral e do I e II ciclos da região.

A garantia foi dada pela vice-governadora para o sector político e social, ao intervir na abertura da primeira fase da defesa de teses de licenciatura.
 Angelica Nené Ihungo disse que, tendo em conta o valor social da instituição de ensino superior, criada em 2004, o Governo Provincial compromete-se a promover “políticas eficazes” que contribuam para a melhoria do seu funcionamento e concretização do Plano Nacional de Formação de Quadros.
O Governo Provincial, em coordenação com o Ministério de tutela e a Reitoria da Universidade Lueji A´nkonde, declarou, estabeleceu como prioridade para o próximo ano académico a criação de mecanismos que facilitem a contratação de novos docentes, particularmente para os cursos de linguística. A Escola Superior Pedagógica da Lunda Norte, referiu, instituída com o objectivo de formar quadros com o nível de bacharelato, já formou 966 técnicos. 
No âmbito das políticas de contínua formação de quadros, recordou, a partir do ano académico 2011, a instituição desenvolveu um plano de licenciatura, com a integração dos bacharéis, que em 2013 começaram a defender as suas teses.
As acções desenvolvidas pela Escola Superior relativamente a novos planos curriculares, disse, são ponto de partida para a concretização do Plano Nacional de Formação de Quadros na província. Um dos propósitos do Governo Provincial é “uma formação profissional de excelência de quadros” que tenha reflexos na economia. Os indicadores do crescimento da Escola Superior, referiu, têm a ver ainda com a recente inauguração dos vários laboratórios.

Tempo

Multimédia