Províncias

centenas de crianças são vacinadas na Lunda-Norte

Isidoro Samutula |Dundo

A campanha “Viva a Vida com Saúde”, realizada recentemente em todo o país, permitiu vacinar mais de 200 mil crianças menores de cinco anos, contra a poliomielite, na Lunda-Norte, informou terça-feira, no Dundo, o supervisor provincial do PAV - Programa Alargado de Vacinação, Henrique Salucombo.

Campanha ultrapassa expectativa
Fotografia: Eduardo Pedro

A campanha “Viva a Vida com Saúde”, realizada recentemente em todo o país, permitiu vacinar mais de 200 mil crianças menores de cinco anos, contra a poliomielite, na Lunda-Norte, informou terça-feira, no Dundo, o supervisor provincial do PAV - Programa Alargado de Vacinação, Henrique Salucombo.
O responsável do PAV indicou que nas duas fases de vacinação (urbana e rural) foram vacinadas contra o sarampo 144.249 crianças, em 113.141 foi administrada a vitamina A e 102.630 foram desparasitadas com albendazol.
Segundo o supervisor do PAV na Lunda-Norte, a fase urbana foi a que registou maior número de crianças vacinadas contra a poliomielite, com 134.241, devido à maior concentração populacional.
Henrique Salucombo reconheceu que o resultado está aquém da meta inicial, que previa a vacinação de cerca de 252.349 crianças, em toda a província. “A fraca mobilização social e a falta da colaboração dos pais em levar as crianças aos postos de vacinação, já que estão habituados com a campanha porta-a–porta, contribuiu para a fraca cobertura”, argumentou.
Informou que o município de Lubalo é o que mais crianças imunizou, seguido do Cuilo e Xá-Muteba foi o que menos crianças vacinou, devido às dificuldades de acesso a algumas zonas, como o Quembo.

Tempo

Multimédia