Províncias

Cresce o número de portadores do VIH/Sida

A coordenadora do programa de luta contra o Sida na Lunda-Norte, disse, no Dundo, que os níveis de prevalência dos casos de VIH/Sida aumentaram este ano consideravelmente.

A coordenadora do programa de luta contra o Sida na Lunda-Norte, disse, no Dundo, que os níveis de prevalência dos casos de VIH/Sida aumentaram este ano consideravelmente.
Teresa Ihandjica,que fazia o balanço da propagação da doença na província da Lunda-norte, revelou que diariamente são diagnosticados novos casos de seropositivos, com maior incidência em mulheres que recorrem às consultas pré-natal.
Este ano, 3.164 pessoas, de ambos os sexos, foram atendidas nos centros de aconselhamento e testagem voluntária de VIH/Sida da província, 184 delas, com idades entre os 20 e 35 anos, acusaram positivo. O município do Chitato, disse a coordenadora, é o que apresenta maior número de casos devido ao movimento migratório. />Teresa Ihandjica afirmou que em sete dos nove municípios da província há centros de testagem voluntária, o que tem facilitado o diagnostico de novos casos, e que o mesmo vai acontecer, ainda este ano, nos outros dois.
“Aconselhamos as pessoas a facilitarem o trabalho por nós desenvolvido, dirigindo-se ao centro de testagem para permitir termos uma ideia global de quantas pessoas estão infecatdos pela doença que temoriginado a morte de muitas pessoas”, precisou.
Infelizmente, disse, muitas gente recusa-se em saber qual é o seu real estado de saúde o que, na opinião da responsável, está posição é reprovável a todos os títulos , face a gravidade da doença.

Tempo

Multimédia