Províncias

Crianças no centro dos crescidos

Kátia Ramos* | Ndalatando

Mais de mil crianças de vários municípios do Kwanza-Norte participaram, no fim-de-semana, em Ndalatando, numa cerimónia alusiva à quadra festiva.

Na véspera da quadra festiva muitas instituições estão a apoiar crianças desfavorecidas
Fotografia: Jornal de Angola

Mais de mil crianças de vários municípios do Kwanza-Norte participaram, no fim-de-semana, em Ndalatando, numa cerimónia alusiva à quadra festiva.
A actividade foi da iniciativa da esposa do governador provincial e do Gabinete de Cidadania e Sociedade Civil e congregou crianças do Cazengo, Cambambe, Golungo-Alto, Lucala, Samba-Cajú, Bolongongo, Kikulungo, Banga e Ngonguembo.
Fátima Viegas, responsável pelo gabinete de Cidadania e Sociedade Civil, afirmou que a actividade previa, inicialmente, a participação de 750 menores, mas o número acabou por se elevar para mais de mil crianças.
Os petizes foram agraciados com um lanche e brinquedos oferecidos pelas fundações Lwini, Ajapraz e Fesa, servindo, assim, o projecto para alegrar os mais pequenos com um gesto de amor e consciência solidária.
O ambiente foi animado pelo humorista “Pimpão” e pelos cantores Brunança, Puto Lillas e Pedrito do Bié, vivamente aplaudidos pelas crianças provenientes dos nove municípios da província. 
As crianças apresentaram uma mensagem, através da qual solicitaram que as leis que regem o país estabeleçam como prioridade absoluta a sua causa e expressaram o desejo de crescerem e se desenvolverem saudavelmente, e que o futuro de Angola seja construído sem violência contra a criança.
O Kwanza-Norte foi a primeira província a organizar o projecto Natal Solidário, havendo a intenção de, no futuro, estender este tipo de actividades às outras regiões do país.

Um dia especial em Menongue

À semelhança do que acontece um pouco por todo o país, também em Menongue, província do Kuando-Kubango, mais de 500 crianças foram brindadas, no passado fim-de-semana, com um Natal especial, promovido pela esposa do governador da província.
No evento, realizado no campo gimnodesportivo de Menongue, os menores receberam brinquedos e um lanche, numa festa à qual não faltaram o teatro, as cantigas, os concursos e a poesia.
Dilma Teixeira, em representação da promotora do evento,  frisou que a previsão era congregar 500 crianças, mas a presença superou a expectativa.
Para a preparação da cerimónia houve o envolvimento da Direcção provincial do Instituto Nacional da Criança (INAC), da Família e Promoção da Mulher, do comité miss local, entre outras instituições, num acto em que se procurou a solidariedade com as crianças vulneráveis e outras.
No próximo ano, segundo Dilma Teixeira adiantou, espera-se realizar mais um Natal especial para as crianças necessitadas.
O vice-governador para área Política e Social, Pedro Camelo, disse que a realização do Natal demonstra o empenho do executivo do Kuando-Kubango na garantia do cumprimento dos 11 compromissos, em que a saúde, educação e momentos de lazer devem ser garantidos, para proporcionar o crescimento harmonioso das crianças.
*com Angop

Tempo

Multimédia