Províncias

Cuango reforça sector da Educação

Armando Sapalo | Cuango

O sistema de ensino no município do Cuango, província da Lunda Norte, vai ser reforçadodurante um período de dois anos com a entrada em funcionamento de 102 novas salas de aulas, que vão ser construídas no quadro do Plano de Desenvolvimento aprovado pelo Governo Provincial para aquela circunscrição, anunciou o administrador Luís Muambongue.

O administrador Muambongue, que fez o anúncio no final da terceira reunião extraordinária do Governo Provincial, realizada no município do Cuango, orientada pelo governador Ernesto Muangala, explicou que o Plano de Desenvolvimento compreende três eixos, que dão primazia à área social.
Destaque para o sector da Educação, com surgimento de novas salas de aulas e reforço de acções destinadas à melhoria da qualidade de ensino, para além da reabilitação das vias de comunicação, sobretudo a ligação entre a sede municipal e a comuna do Luremo, numa extensão de 45 quilómetros, e a expansão dos serviços sanitários.
Quanto à Educação, Luís Muambongue disse que o município do Cuango é privilegiado por dispor de todos os níveis de ensino. Por isso, as autoridades pretendem expandir a rede escolar com mais escolas em todas as localidades que apresentam uma grande concentração populacional e crianças em idade escolar.
Com estas medidas, o município do Cuango passa a corresponder ao programa das estruturas centrais, que coloca a questão da formação académica como prioridade entre os eixos de desenvolvimento a médio e longo prazo.
O governo da Lunda Norte, no âmbito dos Programas de Investimentos Públicos, em parceria com a administração municipal do Cuango, por via das políticas de combate à pobreza, prevê até 2017 apresentar os primeiros resultados da formação de quadros, com prioridade para as áreas técnico-profissionais, com vista a impulsionar o desenvolvimento da localidade.
A estratégia, afirmou Luís Muambongue, tem como objectivo proporcionar um aumento superior a 70 por cento da inserção de crianças, adolescentes e jovens estudantes no sistema de ensino, para responder às necessidades de escolarização e formação de quadros no município do Cuango.
Recentemente, segundo referiu o administrador Luís Muambongue, foram inauguradas três novas escolas que correspondem a 36 salas de aulas, destinadas a assegurar o bom desempenho do próximo ano lectivo.

Circulação rodoviária

Luís Muambongue declarou que o governo da Lunda Norte vai desenvolver vários projectos de impacto social destinados a melhorar a qualidade de vida dos habitantes do município do Cuango.
Entre os principais investimentos, mencionou a circulação rodoviária entre o município e a sede comunal do Luremo e outras localidades de importância económica, fomento habitacional e melhoria dos serviços de saúde, abastecimento de água potável e energia eléctrica.
O administrador municipal espera que seja consolidado o programa de desenvolvimento do Cuango, cujo objectivo é combater a pobreza, garantindo a inserção dos jovens na vida activa.
A reabilitação das principais vias rodoviárias para assegurar a fluidez das trocas comerciais e interacção social das localidades do município, ressaltou, é outro dos eixos prioritários do Plano de Desenvolvimento do município do Cuango.
Os serviços de saúde também vão ser reforçados com a construção de um novo centro, com capacidade para 45 camas.

Tempo

Multimédia