Províncias

Curso de Enfermagem é aberto em breve

Armando Sapalo | Dundo

A abertura do curso superior de enfermagem constitui prioridade para as autoridades da província da Lunda Norte, com a conclusão da nova Escola de Formação de Técnicos de Saúde do nível médio que, numa primeira fase, pode funcionar em simultâneo com a Faculdade de Enfermagem, anunciou ontem o governador local.

Instituições sanitárias da província da Lunda Norte vão ser reforçadas nos próximos tempos com novos técnicos superiores de Enfermagem
Fotografia: Benjamin Cândido

Ernesto Muangala expliocu que, para incentivar a Reitoria da Universidade Lueji a´Nkonde a abrir mais cursos, o Governo da Lunda Norte projectou a construção de institutos médios, que dá prioridade a áreas técnico-profissionais, como saúde, agronomia, construção civil, gestão e administração, ­electricidade e informática, com vista a diversificar a oferta de cursos à comunidade estudantil da região.
O governador avançou que a estratégia das autoridades provinciais da Lunda Norte é aumentar em mais de 70 por cento do fluxo de entrada de jovens estudantes ao ensino superior, visando compatibilizar as necessidades de escolarização e formação de quadros.
Neste momento, o governo trabalha na criação de condições  tendente a melhorar o funcionamento da Universidade Lueji a´Nkonde, para permitir que a instituição pública do ensino superior   responda com o plano de formação de quadros, garantiu ontem, na cidade do Dundo, o governador provincial.
O governante falava durante a terceira Conferencia Internacional da Universidade Lueji a´Nkonde, promovida no quadro das comemorações do sétimo aniversário de existência da instituição académica, onde reiterou o compromisso com a formação de quadros, como forma de impulsionar o desenvolvimento harmonioso da província.
Ernesto Muangala elogiou os esforços empreendidos pela Universidade que, não obstante os obstáculos impostos pela exiguidade de recursos conseguiu revolucionar a a província da Lunda Norte em termos de capacitação de técnicos  do nível superior, transformando-a numa das praças académicas do país, criado pelo Executivo.
O governador garantiu que dentro da disponibilidade financeira, o Governo vai procurar dar solução aos problemas que a Universidade enfrenta, recordando que o país ainda enfrenta uma profunda crise ­económica que não pode ser ignorada. Consciente das dificuldades que a instituição enfrenta, Ernesto Muangala disse estarem a ser preparados  novos cursos, nos próximos anos, na Escola Superior Pedagógica, nas faculdades de Direito e Economia do Dundo, e na Escola Superior Politécnica do Cuango.
A Universidade Lueji a´Nkonde  foi criada à Luz do Decreto n.º 7/09 de 12 de Maio e está localizada na IV Região Académica, com sede na província da Lunda Norte, e da qual fazem parte as províncias da Lunda Sul e Malanje.

Tempo

Multimédia