Províncias

Ensino e saneamento básico são as apostas

Isidoro Samutula | Dundo

O administrador municipal do Chitato anunciou, no Dundo, a expansão este ano da rede escolar, com a construção de mais estabelecimentos de ensino, e a intensificação dos trabalhos de saneamento básico.

Construção e reabilitação de escolas na região tem permitido a inserção de mais crianças no sistema normal de ensino e aprendizagem
Fotografia: Jornal de Angola

O administrador municipal do Chitato anunciou, no Dundo, a expansão este ano da rede escolar, com a construção de mais estabelecimentos de ensino, e a intensificação dos trabalhos de saneamento básico.
Marcelino Chissupa recordou que as Administrações Municipais são obrigadas a construir escolas enquanto houver crianças fora do sistema de ensino.
Para responder a esta exigência do Executivo, disse, a Administração Municipal vai construir escolas nos bairros do Aeroporto, Samacaca e Carinhenga, com um total de 38 salas.
O Chitato tem este ano 1.177 salas para 48.120 alunos, da iniciação à 9ª classe.
Quanto ao saneamento básico anunciou que vai ser contratada em breve mais uma empresa para a recolha e tratamento dos resíduos sólidos, pois a que existe tornou-se incapaz de responder às necessidades face ao crescimento do número de habitante no município. />Marcelino Chissupa garantiu que a comuna do Lóvua, que no último trimestre de 2012 “registou níveis de desenvolvimento com a reabilitação da Estrada Nacional 225 que liga Chitato aos municípios mais a sul da província”, vai continuar a merecer a atenção da Administração Municipal.
O administrador prometeu que já no primeiro semestre vai ser desenvolvido um grupo de acções naquela localidade para permitir que as áreas de mais difícil acesso sejam dotados dos serviços básicos, referiu Marcelino Chissupa.
Marcelino Chussupa anunciou igualmente a aposta nos cuidados primários de saúde, em acções de promoção social e de cidadania, no desenvolvimento da agricultura familiar, na pecuária, na instalação de equipamentos de impacto social e na realização da feira de produtores e camponeses.

Tempo

Multimédia