Províncias

Escola do Dundo sem material específico

A escola do ensino especial no município do Dundo, única na província da Lunda-Norte, funciona com dificuldades de ordem material, afirmou, à Angop, o subdirector pedagógico da instituição.

A escola do ensino especial no município do Dundo, única na província da Lunda-Norte, funciona com dificuldades de ordem material, afirmou, à Angop, o subdirector pedagógico da instituição.
Celestino Modeste disse que a escola precisa, entre outras coisas, de máquinas de informática, pautas metálicas em braile, meios que cada aluno, frisou, devia ter em vez de depender de um exemplar de cada instrumento, como acontece.  Além de ter apenas duas salas e funcionar num edifício impróprio, referiu, o estabelecimento de ensino não dispõe de material didáctico específico para facilitar a aprendizagem. /> Este ano estão inscritos 177 alunos, mais 40 do que ano 2009, que frequentam as aulas em dois turnos, manhã e tarde.
 Por espaço\ ser exíguo e tendo em conta o número de alunos, sublinhou, alguns deles foram integrados no sistema normal de ensino.
 A escola tem 18 professores preparados para este tipo de ensino, o que, frisou, é suficiente para garantir o normal funcionamento das aulas, desde a iniciação à 6ª classe.
 Na Lunda-Norte, o ensino para deficientes funciona desde 1998, tendo começado com dois alunos, de 5 anos, que agora frequentam o II ciclo do ensino secundário.

Tempo

Multimédia