Províncias

Escola Superior com cursos de licenciatura

A Escola Superior Pedagógica da Lunda-Norte abriu no dia 18 o ano académico de 2011, com a integração do grau de licenciatura em ciências pedagógicas na grelha curricular daquela instituição do ensino superior.

Augusto Chipombele director da instituição
Fotografia: Victorino Matias

A Escola Superior Pedagógica da Lunda-Norte abriu no dia 18 o ano académico de 2011, com a integração do grau de licenciatura em ciências pedagógicas na grelha curricular daquela instituição do ensino superior.
O director da Escola Superior Pedagógica, Augusto Tchipombela, disse que a integração do grau de licenciatura em ciências pedagógicas vai proporcionar o desenvolvimento humano, científico e metodológico, permitindo a formação de profissionais para o mundo do mercado de trabalho cada vez mais competitivo e exigente.
Face às novas responsabilidades, Augusto Tchipombela defendeu a necessidade de fortalecer o quadro docente da instituição, construção de laboratórios e garantir um acervo bibliográfico, para estimular a investigação científica e proporcionar aos quadros a serem formados melhor qualificação, à altura das exigências das outras universidades.
Este ano lectivo, segundo Augusto Tchipombela, a escola superior pedagógica matriculou 1.322 estudantes, dos quais 804 pertencentes ao curso normal, que vai do primeiro ao terceiro ano, e 518 bacharéis.
 Augusto Chipombela convidou na ocasião os novos e antigos estudantes daquela instituição escolar do ensino superior a associarem a formação académica, técnica e profissional à formação cívica, moral e patriótica, incentivando a prática de actividades desportivas, recreativas e culturais para elevação do nível de atenção ao estudante.  O governador Lunda Norte, Ernesto Muangala, manifestou os esforços que o seu pelouro tem vindo a realizar para garantir melhores condições de trabalho à universidade Luegi Akonde e à Escola Superior Pedagógica, de forma a permitir que os jovens possam encontrar na província as mais diversificadas áreas de formação académica e profissional.
Ernesto Muangala garantiu melhorar as condições de infra-estruturas para acolher as diferentes unidades orgânicas da universidade Luegi Akonde e o corpo docente, referindo o conjunto de habitações que está a ser construído na nova centralidade do Dundo.
A escola superior pedagógica da Lunda-Norte é assegurada por 38 professores dos quais 14 são cooperantes de nacionalidade cubana.

Tempo

Multimédia