Províncias

Escola Superior Pedagógica contrata novos professores

Armando Sapalo | Dundo

A falta de professores na Escola Superior Pedagógica da Lunda-Norte, unidade orgânica da Universidade Luegi A´konde, vai ser ultrapassada no próximo ano lectivo com a contratação de novos docentes, sobretudo para os cursos de línguas, garantiu ontem, no Dundo, o director-geral da instituição.

Com o recrutamento de docentes universitários a província vai ter mais licenciados
Fotografia: Jornal de Angola

A falta de professores na Escola Superior Pedagógica da Lunda-Norte, unidade orgânica da Universidade Luegi A´konde, vai ser ultrapassada no próximo ano lectivo com a contratação de novos docentes, sobretudo para os cursos de línguas, garantiu ontem, no Dundo, o director-geral da instituição.
Augusto Chipombela, que falava na cerimónia de cumprimentos de fim de ano, garantiu que já foram desencadeados contactos junto do Ministério de tutela e com o Governo português para a vinda de professores para reforço do corpo docente da Escola Superior Pedagógica. A vinda de novos professores, referiu, vai preencher as vagas existentes nas disciplinas básicas do curso de línguas, especialmente o de  metodologia e práticas pedagógicas, literatura, língua e cultura inglesas.
“Esses professores vêm para leccionar as disciplinas nucleares do curso de língua portuguesa”, disse, sublinhando que a contratação urgente de novos professores resulta da falta de docentes especializados.
 O estabelecimento escolar superior, disse Augusto Chipombela, é assegurado por 38 professores entre efectivos e colaboradores.
Outra dificuldade, de acordo com o quadro superior da Educação, tem a ver com os planos curriculares para o próximo ano lectivo.
No presente ano lectivo, o Instituto matriculou 1.224 estudantes distribuídos em seis cursos.

Tempo

Multimédia