Províncias

Escola Superior Politécnica do Cuango abre as portas no próximo ano lectivo

Armando Sapalo|

O governador provincial da Lunda-Norte, Ernesto Muangala, anunciou, para o próximo ano lectivo, a abertura da Escola Superior Politécnica no município do Cuango, para permitir que a população local tenha acesso ao ensino superior.

O governador provincial da Lunda-Norte, Ernesto Muangala, anunciou, para o próximo ano lectivo, a abertura da Escola Superior Politécnica no município do Cuango, para permitir que a população local tenha acesso ao ensino superior. O governador deu esta informação durante a abertura das II jornadas científicas da Escola Superior Pedagógica na Lunda-Norte, na quinta-feira, no Dundo.
Mostrando-se satisfeito com o contributo que a instituição tem vindo a prestar na formação de quadros que vão, no futuro breve, assegurar o funcionamento do sector da Educação a nível da província, afirmou que a província precisa de quadros devidamente qualificados, para poderem auxiliar as autoridades locais no desenvolvimento sustentável.
Além disso, anunciou que estão a ser estabelecidos contactos junto do Executivo para a expansão do ensino superior a nível de todo o território da província.
A Escola Superior Pedagógica da Lunda-Norte está afecta à unidade orgânica da Universidade Luegi A’konde, na quarta região académica, que compreende também as províncias da Lunda-Sul e Malange. O director-geral da instituição, Augusto Chipombela, salientou que as jornadas científicas visam promover o intercâmbio de experiências entre os professores, investigadores e estudantes nas áreas do saber consideradas essenciais para o desenvolvimento do ensino superior da região.
 “O esforço da nossa escola coincide com os projectos do governo provincial, tendentes a tornar forte e qualificada a educação e o ensino”, reiterou aquele quadro superior da educação, garantido que a instituição que dirige tudo fará para melhorar significativamente os quadros formados. Por outro lado, considerou ser importante que a formação de quadros de nível superior corresponda aos investimentos que estão a ser feitos pelo Executivo angolano, relacionados com a expansão de universidades em todas as regiões do país.
A escola superior, afirmou, vai doravante ficar com a nobre missão de periodicamente realizar certames de carácter científico e pedagógico, para promover a reflexão crítica do futuro do ensino superior a nível da região.

Ajudar a sociedade

Por seu lado o Pró-Reitor da Universidade Luegi A’konde, para a cooperação, Carlos Alberto Yoba, destacou o papel que o ensino superior desempenha na transformação da mentalidade do homem angolano, para que possa participar activamente na resolução dos mais variados problemas que a sociedade enfrenta.
Afirmou que a Universidade Luegi A’konde tem a responsabilidade de descobrir as distintas situações sociais, económicas e políticas a nível da quarta região académica, no sentido de estimular a sociedade a participar no processo de desenvolvimento sustentável.
A Escola Superior Pedagógica, salientou o Pró-Reitor, está a iniciar um processo social e histórico que visa alicerçar, construir e transformar os conceitos científicos em mecanismos eficazes para o desenvolvimento harmonioso da província da Lunda-Norte.
 Durante três dias, professores, investigadores e estudantes da escola superior pedagógica abordaram, entre outros temas, “A universidade pela melhoria da formação integral dos profissionais da educação”, “A responsabilidade social no desenvolvimento sustentável” e “Educação ambiental”.
Entres os oradores convidados destacam-se professores das distintas universidades públicas e privadas do país e do estrangeiro.
Os munícipes do Cuango têm há seis anos um Instituto Médio e já não precisam abandonar a região para dar sequência aos estudos.

Tempo

Multimédia