Províncias

Estradas necessitam de intervenção

João Silva| Dundo

As estradas secundárias e terciárias que ligam a sede municipal do Lucapa às comunas do Xá-Cassau e Capaia e à localidade do Luô, província da Lunda-Norte, necessitam de uma intervenção urgente, devido ao avançado estado de degradação.

O mau estado da via cria embaraços sobretudo nesta época de chuva
Fotografia: Jornal de Angola

As estradas secundárias e terciárias que ligam a sede municipal do Lucapa às comunas do Xá-Cassau e Capaia e à localidade do Luô, província da Lunda-Norte, necessitam de uma intervenção urgente, devido ao avançado estado de degradação.
O administrador municipal em exercício, José Sapapo, disse ontem ao Jornal de Angola que a situação tem criado grandes embaraços, sobretudo neste tempo chuvoso, pois o material para a construção de infra-estruturas sociais é transportado por viaturas que encontram sérias dificuldades para se deslocarem àquela localidade.
A administração municipal do Lucapa projectou para 2012 a reabilitação das estradas secundárias e terciárias, caso as estruturas centrais aloquem o respectivo suporte financeiro.
José Sapapo adiantou que a administração municipal do Lucapa repôs este ano os pontecos sobre os rios Chicapa e Tembo e neste momento decorrem os trabalhos de montagem das pontes que ligam os municípios do Lucapa e Cuilo.
No âmbito do Programa Integrado de Desenvolvimento Rural e Combate à Pobreza, foram erguidas, apetrechadas e entregues várias infra-estruturas sociais nas sedes comunais, sectores e povoações.
Foram ainda construídas e reabilitadas escolas, postos de saúde, casas para os professores e enfermeiros, além da instalação do sistema de captação e distribuição de água potável, fornecimento de energia eléctrica, com a instalação da rede de iluminação pública, nas Comunas de Camissombo, Xá-Cassau e Capaia e no sector de Calonda.
José Sambiei Sapapo revelou que, neste momento, está em fase avançada a construção de uma escola primária de três salas e suites para os professores.
Na povoação do Txilumbica, na localidade do Luô, está em construção uma escola primária com cinco salas e no bairro Camutué outra de quatro salas e a ser reabilitada a residência para os professores.
No sector das águas, estão a ser abertos furos para captação e construídos tanques e chafarizes nas aldeias de maior concentração populacional e ainda a ser reabilitada a conduta do rio Luangandu, destruída pela chuvas.
No Chitato, está a ser montado um sistema de iluminação no sector do Calonda e administração municipal vai adquirir um gerador.

Tempo

Multimédia