Províncias

Executivo cria a curto prazo milhões de postos de trabalho

Isidoro Samutula|Dundo

O governador provincial da Lunda-Norte revelou, na quarta-feira, no Dundo, que o Executivo prevê criar, até 2025, cerca de oito milhões de novos postos de trabalho.

Governador Ernesto Muangala
Fotografia: Jornal de Angola

O governador provincial da Lunda-Norte revelou, na quarta-feira, no Dundo, que o Executivo prevê criar, até 2025, cerca de oito milhões de novos postos de trabalho.
Ernesto Muangala, que falava na abertura do seminário sobre “estratégia nacional de formação de quadros”, sublinhou que nos empregos a criar nas próximas décadas vão ser exigidas maiores competências, conhecimentos e tecnologia para o desenvolvimento económico ser sustentável, competitivo e equitativo. O desenvolvimento do país, disse, depende muito da formação dos quadros para a inserção de Angola na economia global “ser feita em patamares mais elevados de crescimento do produto e da produtividade”. />No actual momento de desenvolvimento do país, declarou, este projecto é essencial porque responde aos grandes desafios que são identificar e promover a formação de recursos humanos qualificados e a execução e o funcionamento dos projectos de investimento mais relevantes.   É importante, referiu, ter em conta os projectos que se integram em cadeias produtivas prioritárias e o desenvolvimento económico e de sectores sociais importantes no combate à pobreza e à própria qualificação dos recursos humanos.
No seminário, promovido pelo grupo CESO-CI, foram tratados, entre outros temas, o do enquadramento do processo de inquirição e o inquérito on-line.

Tempo

Multimédia