Províncias

Famílias desalojadas pelas chuvas recebem apoio

João Salvo e Flávia Massua|Saurimo

Famílias desalojadas pelas chuvas nos municípios de Saurimo, Muconda e Cacolo, num total de 140, estão a receber tendas e utensílios de cozinha da Protecção Civil, garantiu, ontem, o coordenador provincial, Jacob Alfredo.

Cidadãos desalojados pelas enxurradas numa primeira fase estão a viver em tendas mas em área segura
Fotografia: Flávia Massua

Famílias desalojadas pelas chuvas nos municípios de Saurimo, Muconda e Cacolo, num total de 140, estão a receber tendas e utensílios de cozinha da Protecção Civil, garantiu, ontem, o coordenador provincial, Jacob Alfredo.
O responsável provincial da Protecção Civil afirmou que o trabalho de apoios às vítimas das enxurradas está a ser realizado em parceria com a Administração Municipal: “as acções conjuntas permitiram definir áreas seguras onde os sinistrados vão beneficiar de talhões e chapas de zinco para construção de casas quando acabar o tempo das chuvas”, disse Jacob Alfredo.
Maria Paula, realojada com três filhos menores numa tenda junto às ruínas da sua antiga casa, reconheceu o esforço do Governo Provincial como “um gesto humano e de grande significado”.
Para Maria Paula, esta fase é o recomeço de uma nova etapa da sua vida, enquanto está à espera do cacimbo, a fim de, em local seguro, construir uma nova casa.
Jacob Alfredo destaca que a população deve ser educada para se erradicar a velha prática de abate de árvores, que favorece o fenómeno da desertificação e o surgimento de ventos e ravinas na periferia, onde se constrói de forma desregrada e com material fraco.
O responsável provincial da Protecção Civil disse que as acções de sensibilização devem ser realizadas junto dos chefes de família, líderes de comunidades e ambientalistas, “com o objectivo de estudar, controlar, definir e acompanhar para garantir a estabilidade do meio ambiente”.
Jacob Alfredo garantiu que,a Administração do Saurimo está a fazer tudo para apoiar os sinistrados.
Para a comunidade “todos os apoios são bem vindos”.

Tempo

Multimédia