Províncias

Famílias desalojadas recebem apoio

Armando Sapalo| Dundo

As famílias do município do Chitato e da comuna de Camaxilo, Caungula, que perderam as suas casas em consequência das fortes chuvas do mês de Janeiro, receberam do Governo da Lunda Norte produtos alimentares e materiais de construção.

Os meios foram entregues pelo governador que anunciou a criação de mecanismos para que as famílias afectadas deixem de enfrentar dificuldades
Fotografia: Armando Sapalo

As 178 famílias do município do Chitato e as 24 da comuna de Camaxilo, receberam cada uma 25 chapas de zinco, para permitir a reconstrução das casas destruídas.
O governador provincial, Ernesto Muangala, que é também o coordenador da Comissão Provincial de Protecção Civil, entregou às famílias, material de cozinha, roupa, cobertores e bens de primeira necessidade.
Ernesto Muangala afirmou que já foram criados mecanismos eficazes para que as famílias não enfrentem dificuldades devido aos danos provocados pelas chuvas. “Já foram criadas todas as condições para que as famílias afectadas não enfrentem grandes dificuldades, por ser um problema social ao qual o Governo dedica uma atenção especial”, afirmou.
O governador exigiu a revitalização dos trabalhos da Comissão de Protecção Civil, com vista a serem encontradas soluções imediatas para os problemas causados pelas catástrofes naturais.
Para o apoio, às famílias, cujas residências ficaram totalmente destruídas, Ernesto Muangala disse que a Comissão Provincial Multissectorial para a Protecção Civil aprovou uma verba de 19.440 milhões de kwanzas, que possibilitou a aquisição dos meios entregues.
Há contactos permanentes junto das estruturas centrais dos ministérios do Interior e da Assistência e Reinserção Social, no sentido de serem reforçados os recursos materiais que permitam oportunamente assistir as populações desabrigadas. O governador da Lunda Norte revelou uma grande preocupação com o elevado índice de problemas provocados pelas chuvas e garantiu que o Orçamento Geral do Estado presta uma atenção especial ao programa social, que visa fundamentalmente prevenir e apoiar as famílias prejudicadas pelas calamidades naturais.
Ernesto Muangala revelou que o OGE/2014 reserva, para a Lunda Norte, uma verba de 65 milhões de kwanzas, exclusivamente destinada às acções de precaução e ajuda a problemas resultantes dos acidentes provocados pelos fenómenos da natureza.
Além disso, o governador Ernesto Muangala afirmou estarem à disposição do Governo Provincial mais 45 milhões de kwanzas, para actividades de divulgação e sensibilização junto das populações para não construírem em zonas consideradas de risco.

Tempo

Multimédia