Províncias

Fazenda Caconda expande produtos

Armando Sapalo | Dundo

A fazenda Caconda, o maior projecto agro-pecuário da Lunda-Norte, começou este ano a estabelecer a rede de circuitos comerciais, através da expansão dos seus produtos a nível dos mercados da região.

Milhares de galinhas garantem uma produção diária de quase oito mil ovos mas em termos de incremento as previsões apontam para mais
Fotografia: Benjamim Cândido|Dundo

Com vista a reduzir a importação e melhorar a dieta alimentar dos habitantes locais, garantiu a coordenadora da fazenda.
Elisabeth Zembela, que apresentou a estratégia de crescimento e expansão da empresa, durante as I Jornadas Técnico-científicas sobre alimentação, disse que além do município do Chitato, onde se encontra instalada a fazenda, os produtos da Cacanda estão igualmente a ser comercializados nos mercados do Lucapa, Cambulo e nas lojas da Rede de Supermercados de Angola do Dundo e Saurimo, na Lunda-Sul.
A criação de redes comerciais, referiu, responde ao compromisso assumido pelas autoridades da província de garantir às populações o consumo de alimentos provenientes da produção local.
A fazenda produz ovos, hortícolas, frutas, cereais e carne bovina, numa escala aceitável, apostando sobretudo no aumento da sua capacidade de produção, tendo em vista a criação de excedentes.

Produção diária

Neste momento, dez mil galinhas “poedeiras” garantem  uma produção diária de quase oito mil  ovos. Em termos de incremento, as previsões apontam para 45 mil ovos por dia. Para tal, 40 mil aves estão em fase de crescimento nos aviários da herdade.Em relação ao cultivo de cereais, frutas e hortícolas, como tomate, repolho, pimento, alface, pepino, milho doce e melancia, a safra mensal atinge cerca 12 toneladas.
O cultivo de hortícolas é feito em 50 estufas e 25 campos abertos de sequeiro.Quanto à oferta de carne bovina, a fazenda Caconda, na Lunda-Norte, dispõe de um matadouro central que faz o abate diário de cinco cabeças gado e semanalmente estão disponíveis, no talho da fazenda, cerca de três mil quilos de carne bovina.

Carne de qualidade

A também médica veterinária garantiu que a carne comercializada é de qualidade, uma vez que mereceu o aval positivo das autoridades dos serviços de investigação e inspecção de actividades económicas. “A carne oferece qualidade, pois existem condições de conservação. A intenção do projecto é garantir também segurança alimentar e nutricional às famílias da região”, assegurou a responsável da fazenda.
A fazenda da Cacanda está ainda vocacionada para a formação e integração de pequenos e médios agricultores da Lunda-Norte.
Em Julho deste ano, 150 agricultores participaram numa acção formativa, sobre o cultivo de campos, hortaliças, avicultura, criação de gado bovino e caprino.

Tempo

Multimédia