Províncias

Formação de quadros no centro das prioridades

Armando Sapalo | Dundo

O sistema de ensino na província da Lunda Norte vai ser reforçado no próximo ano, com a construção de dois novos Institutos Médios de Formação Técnico-Profissional nos municípios do Cambulo e Cuango, anunciou ontem na cidade do Dundo o governador provincial.

Milhares de crianças da Lunda Norte passaram a ter acesso mais facilitado ao sistema de ensino com a construção de novas escolas
Fotografia: Benjamin Cândido

Ernesto Muangala reafirmou que as autoridades pretendem dar corpo ao Plano de Formação de Quadros por via da expansão da rede escolar com mais institutos e escolas secundárias em todas as sedes municipais da província.
Além da construção de duas escolas nas localidades de Cambulo e Cuango, no âmbito do Programa de Investimentos Públicos do próximo ano, a formação técnica e profissional de jovens vai ganhar novo impulso, com a conclusão das obras do Instituto Médio de Saúde no Dundo e um internato com capacidade para albergar 1.440 alunos.
O governador provincial assegurou que até 2017 vão ser construídos mais institutos médios, com prioridade para áreas técnico-profissionais, como saúde, agronomia, construção civil, gestão e administração, electricidade e informática, com vista ao reforço da procura de cursos diversificados por parte da juventude.
A estratégia, de acordo com o governante, consiste em oferecer um aumento superior a 80 por cento de entrada de jovens estudantes no ensino médio, visando imprimir uma nova dinâmica às necessidades de escolarização e formação de quadros.

Novos projectos

Com os novos projectos, a província da Lunda Norte vai poder dar um passo significativo que corresponda ao programa do Executivo, que tem a formação de quadros como prioridade. O governador provincial da Lunda Norte disse que depois do êxito alcançado no ensino primário, I e II ciclos em cerca de 80 por cento a nível dos municípios, no próximo ano as atenções vão estar viradas na criação de condições tendentes a garantir o pleno funcionamento do ensino pré-escolar no Centro Infantil da Centralidade do Dundo, concebido para mais de 900 crianças.Também estão previstos, para o ensino pré-escolar, a construção e apetrechamento no exercício de mais quatro centros infantis nos municípios de Lubalo, Capenda-Camulemba, Caungula e Cuilo.
Ernesto Muangala garantiu dar uma especial atenção ao programa de alfabetização e aceleração escolar em 2016, com vista à implementação da fase experimental do I ciclo do ensino secundário para alfabetizados. Na província da Lunda Norte está em fase conclusiva a construção de uma escola para atender crianças com necessidades educativas especiais, no distrito urbano do Chitato.

Ensino Superior

As autoridades da província da Lunda Norte vão continuar a conceder apoio institucional à reitoria da Universidade Lueji A´Nkonde em termos de criação de condições em coordenação com o Ministério de tutela, para prosseguir com o plano de formação de quadros da região.
O governador da província da Lunda Norte disse esperar com agrado a preparação dos primeiros licenciados das Faculdades de Direito e Economia do Dundo, que concluíram as suas formações depois de cinco anos de estudo.
Os primeiros técnicos superiores das Faculdades de Direito e Economia e da Escola Superior Pedagógica alargam o leque de quadros disponíveis em abraçar o desafio e contribuírem para o desenvolvimento da província. 
O próximo passo, de acordo com Ernesto Muangala, prende-se com a necessidade da Universidade Lueji A´Nkonde estreitar relações com as comunidades em que está inserida, para interpretar e dar resposta aos diversos fenómenos sociais e culturais que afectam as populações.

Tempo

Multimédia