Províncias

Governador da Lunda-Norte inaugura pontes que estão situadas sobre os rios Fotongo e Cuílo

O governador da província da Lunda- Norte inaugurou, na sexta-feira, no município do Lubalo, as pontes sobre os rios Fotongo e Cuílo,  avaliadas em 11 milhões de kwanzas, compostas por estruturas metálicas, com capacidade para 30 toneladas.

O governador da província da Lunda- Norte inaugurou, na sexta-feira, no município do Lubalo, as pontes sobre os rios Fotongo e Cuílo,  avaliadas em 11 milhões de kwanzas, compostas por estruturas metálicas, com capacidade para 30 toneladas.
As pontes vão permitir a ligação entre a sede do Lubalo e a comuna do Luangue, encurtando o percurso para 75 quilómetros contra os 200 que tinham de ser feitos antes da inauguração.
O director provincial do Instituto Nacional de Estradas de Angola (INEA), Victor Tavira, que referiu que o governo está a cumprir o programa de reconstrução das pontes, anunciou que a próxima a ser montada é sobre o rio Luxico, na comuna do Lóvua.
O regedor Rafael Pinto Caimbo disse que a reposição da ponte facilita a comunicação entre as famílias e a deslocação da população em busca de melhores condições de vida.
O município do Lubalo, constituído por três comunas, Luangue, Muvuluegi e Lubalo sede, tem 12.608 quilómetros quadrados e 45.892 habitantes.

Obras em Caungula
 
O governador Ernesto Muangala também inaugurou, no mesmo dia, na comuna do Camaxilo, município do Caungula, um posto de saúde, uma escola primária e a casa para a administração.
As inaugurações, integradas nas festividades do Dia do Herói Nacional e dos 35 anos da independência de Angola, beneficiam cerca de 14 mil habitantes da comuna do Camaxilo.
A escola tem capacidade para 360 alunos, nos períodos diurno e nocturno, enquanto o posto de saúde, que vai dispor de três enfermeiros, é constituído por um consultório médico, uma sala de tratamento, com duas camas, um balneário e uma farmácia. Na cerimónia da inauguração, Ernesto Muangala entregou as chaves do “consultório móvel” às entidades locais para poder ser garantido o atendimento às populações residente nas localidades mais distantes da sede comunal.

Centro de Saúde

As autoridades tradicionais do município do Caungula, solicitaram, ainda no mesmo dia, ao governador, a construção de um centro de saúde na comuna do Camaxilo.
 O regedor Fernando Lázaro, em nome das autoridades tradicionais, referiu que a concretização desse desejo era muito importante para a comunidade.
As autoridades tradicionais, que reconheceram “os esforços do governo provincial no melhoramento das condições sociais das populações”, pediram também a construção de pontes e a reabilitação da estrada que liga o Dundo à Caungula.
 A comuna do Camaxilo tem cerca de 14 mil habitantes,  maioritariamente camponeses.

Tempo

Multimédia