Províncias

Governador preocupado com o sector da Educação

Isidoro Samutula| Dundo

O governador provincial da Lunda-Norte pediu, no Dundo, aos membros do Governo Provincial, o empenho na concretização das acções que visam assegurar a melhoria das condições sociais básicas da população, pautando as suas actividades pelo rigor, disciplina e boas práticas na gestão dos bens públicos.

O diálogo permanente da Direcção provincial da Educação com as associações de professores e encarregados de educação é indispensável
Fotografia: Paulo Mulaza

O governador provincial da Lunda-Norte pediu, no Dundo, aos membros do Governo Provincial, o empenho na concretização das acções que visam assegurar a melhoria das condições sociais básicas da população, pautando as suas actividades pelo rigor, disciplina e boas práticas na gestão dos bens públicos.
Ernesto Muangala, que falava na tomada de posse dos novos directores provinciais, pediu mais esforços para que, nos próximos quatro anos, a província atinja níveis de desenvolvimento e diversificação da economia local, evitando a dependência do sector diamantífero.
“O homem é o factor determinante para o desenvolvimento e o progresso de qualquer sociedade e continua a estar no centro das atenções. É necessária a contribuição de todos, para que a província possa continuar na senda do desenvolvimento”, disse o governador Ernesto Muangala.
Tomaram posses responsáveis da direcção provincial da Educação Ciência e Tecnologia, Família e Promoção da Mulher, Juventude e Desportos, Obras Públicas, Ordenamento do Território e da Administração Pública Emprego e Segurança Social.
Com a renovação, o governador espera mudanças que visam revitalizar os sectores, imprimindo uma nova dinâmica, com uma aposta forte na juventude. Ernesto Muangala recomendou à Direcção Provincial da Educação Ciência e Tecnologia para ser mais eficiente na formação de quadros e exigir, como valor acrescentado, a qualidade.
“Não basta passar pela escola para obter o certificado de habilitações, pois o que se pretende é um ensino de qualidade para que possamos ter quadros capazes que sirvam o país”, disse o governador. Acrescentou que é necessário injectar uma nova dinâmica na inspecção escolar, para a criação de condições de actuação em toda a extensão da província.

Expansão do ensino médio


A expansão do ensino médio a todos os municípios da província constituiu uma prioridade este ano lectivo por isso, o governador da Lunda-Norte chamou à atenção da Direcção da Educação e às administrações municipais do Cuilo e do Lubalo para trabalharem na abertura do segundo ciclo do ensino secundário e completarem este nível de ensino, nos nove municípios da província.
O diálogo permanente da Direcção Provincial da Educação com os parceiros sociais, os sindicatos, associações de professores e encarregados de educação, é indispensável para evitar incompreensões ou mal entendidos, disse Ernesto Muangala. O governo da província continua preocupado com as crianças das zonas rurais que não frequentam as escolas.
A Direcção da Família e Promoção da Mulher recebeu instruções para intensificar o trabalho de sensibilização nas comunidades, principalmente através das igrejas.
As actividades do Governo Provincial estão dirigidas à juventude e às mulheres, razão pela qual foi decretado este ano, como o ano da juventude.

Crédito bonificado


Com a nomeação dos novos directores, disse Ernesto Muangala, estão criadas as condições para desenvolver, a partir deste ano, acções que, no seu conjunto, visam criar oportunidades aos jovens e às mulheres da província, com destaque para a ampliação da oferta de formação profissional, acesso ao crédito bonificado e mobilização dos jovens e das mulheres para a auto construção dirigida, proporcionando o acesso a terrenos infra-estruturais e assistência técnica na execução das obras.
O governador da Lunda-Norte recomendou às empresas de construção civil, às explorações diamantíferas, às da agricultura e pecuária para darem prioridade à contratação da mão-de-obra a jovem. Tomaram ainda posse o administrador municipal do Chitato, o administrador adjunto e os assessores do governador para a área técnica, social e política.

Tempo

Multimédia