Províncias

Governo aposta na formação de técnicos

Armando Sapalo | Dundo

O Governo Provincial da Lunda Norte está envolvido na formação de técnicos de saúde em diversas especialidades, no quadro da estratégia do Executivo destinada a melhorar os serviços de assistência sanitária às populações, disse, ontem, no Dundo, o director local da Saúde.

Novos técnicos de saúde garantem uma melhor assistência sanitária às populações das diferentes localidades da província da Lunda Norte
Fotografia: Isidoro Samutula

Buajica Mambelo frisou que, no quadro da referida estratégia, a província da Lunda Norte tem, neste momento, 120 bolseiros a frequentarem cursos superiores em diversas especialidades noutras províncias e fora do país.
Os esforços do Governo Provincial têm por objectivo aumentar a oferta do número de quadros, para dar resposta à escassez de recursos humanos qualificados, uma vez que grande parte das unidades sanitárias se debatem com falta de técnicos de especialidade.
“O aumento de técnicos vai igualmente garantir o funcionamento de novos centros e de postos de saúde, muitos em construção, no âmbito do alargamento da rede sanitária", ressaltou o director provincial da Saúde na Lunda Norte.
Além do recurso a outras províncias e ao estrangeiro, Buajica Mambelo salientou que a Lunda Norte conta com uma Escola de Formação de Técnicos de Saúde, onde, neste ano, 200 técnicos médios terminam o curso.
Para dar resposta às necessidade imediatas, Buajica Mambelo disse que a Escola de Saúde da Lunda Norte vai iniciar, nos próximos dias, um ciclo de formação intensiva sobre procedimentos de Enfermagem, no âmbito do projecto de reforço dos serviços municipalizados. “Há um esforço conjunto entre o Governo Provincial e o Ministério da Saúde, no sentido de melhorar o desempenho dos técnicos do sector e garantir um serviço de qualidade à população”, disse Buajica Mambelo, que acrescentou que a província conta  com 180 médicos de várias especialidades, entre angolanos e expatriados, o que permite uma cobertura sanitária  razoável às populações.

Depósito de medicamentos


O director provincial disse que se está  a trabalhar para reforçar ainda mais os serviços municipais de saúde, salientando que aquela parcela do país tem, em média, dois  médicos por cada município.
O director provincial da Saúde avançou que as dificuldades de conservação de medicamentos que se registavam na Lunda Norte já foram ultrapassadas, com a inauguração recentemente de um depósito para os medicamentos.
A nova infra-estrutura está equipada com câmaras de frio que possibilitam o controlo da temperatura interna e é capaz de conservar vacinas e outros fármacos. Buajica Mambelo ressaltou ainda os benefícios para a saúde pública da viatura de fumigação e pulverização, recentemente adquirida pelo Governo Provincial.
A viatura tem quatro dispositivos de pressão e de fumigação para a pulverização extradomiciliária e realiza sessões na cidade do Dundo, principalmente nos bairros da periferia  todas as manhãs, das 5h00 as 7h00, e de noite, entre as 17h00 e 20h00.
Para os bairros de difícil acesso, foram adquiridos dois aparelhos de pressão, que são transportados pelos técnicos para pulverização.

Tempo

Multimédia