Províncias

Governo aposta na melhoria das estradas

Armando Sapalo | Dundo

As autoridades da Lunda Norte estão empenhadas na reabilitação, recuperação e construção de estradas na província, com vista a melhorar a circulação rodoviária e garantir maior fluidez no escoamento de mercadorias, bens e serviços, garantiu o governador provincial Ernesto Muangala.

Melhoria de vias é uma das grandes apostas das autoridades para facilitar também as trocas comerciais entre o campo e a cidade
Fotografia: Santos Pedro

Na sua deslocação de trabalho ao Dundo,  ouviu as preocupações das populações no que toca à degradação das estradas e disse que o Governo da Província está a trabalhar na  melhoria das vias para que as pessoas circulem mais facilmente.
Das acções prioritárias do Executivo, apontou as estradas nacionais que estabelecem a ligação entre províncias, municípios e comunas, com vista à promoção de um desenvolvimento sustentável e harmonioso entre as diferentes regiões.
O governador Ernesto Muangala informou que entre os principais projectos em curso no sector das Infra-estruturas Rodoviárias, destacam-se as obras de construção da Estrada Nacional 225, que liga a cidade do Dundo aos municípios localizados na região sul da província, numa extensão de 540 quilómetros, com a reposição de 33 pontes destruídas durante o período de guerra.
Também está prevista a reabilitação da Estrada Nacional 180, do Dundo ao Município do Lucapa, passando pela cidade de Saurimo, na vizinha província da Lunda Sul, até ao Luena, no Moxico.
Um outro projecto de grande importância apontado pelo governador e que vai impulsionar o desenvolvimento da província é a reabilitação da Estrada Nacional 180-A que une o Dundo à vila mineira do Nzagi, numa extensão de 90 quilómetros.
Ernesto Muangala garantiu que o Governo da Província, em coordenação com as estruturas centrais, vai continuar a imprimir dinamismo à solução dos problemas sociais que afligem as populações, visando reduzir as assimetrias em termos de qualidade de vida.
Estradas secundárias e terciárias Depois da conclusão dos trabalhos de melhoria na circulação rodoviária a nível das estradas nacionais, as políticas do Governo da Lunda Norte vão estar voltadas para as vias secundárias e terciárias.
O governador Ernesto Muangala esclareceu que no ano passado começaram as obras de terraplenagem para a reabilitação e ampliação dos 120 quilómetros do troço entre as sedes municipais de Cambulo e Lucapa, ­estando igualmente previstas intervenções  em estradas secundárias e terciárias.
"A reconstrução nacional é um grande desafio do Executivo angolano. Por isso, as autoridades locais esperam consolidar as acções do Plano de Desenvolvimento da Lunda Norte até  2017", salientou.
Apesar de reconhecer o trabalho desenvolvido, Ernesto Muangala reconhece que se deve fazer mais   e melhor para que alguns sectores fundamentais  possam garantir serviços de qualidade e contribuir para o crescimento da província.
Ernesto Muangala disse que as vias de comunicação constituem o ponto de partida para o desenvolvimento harmonioso da Lunda Norte, sobretudo para as circunscrições afastadas da sede provincial e assegurou que a sua recuperação faz parte das prioridades do Executivo, que as inclui de forma faseada nos Programas de Investimentos Públicos.
A Província da Lunda Norte, segundo o governador, é das regiões do país com  maior malha rodoviária, com cerca de seis mil quilómetros de estradas.
A reabilitação total destes seis mil quilómetros de estadas, disse, possibilita lançar as bases para o desenvolvimento de toda a província, através da construção de diversos empreendimentos, como infra-estruturas sanitárias, ampliação da rede escolar, projectos de abastecimento de água, acções que, segundo o governador, se tornam difíceis de manter sem estradas em condições.

Tempo

Multimédia