Províncias

Governo cria as condições para construir casas sociais

O director provincial da Lunda-Norte das Obras Públicas, Lino dos Santos, disse terça-feira, à Agopo, que mil casas do tipo T3 vão ser construídas no município do Chitato, no quadro do Programa Nacional de Urbanismo e Habitação.

Executivo está a melhorar as condições de habitabilidade dos cidadãos
Fotografia: Dombele Bernardo

O director provincial da Lunda-Norte das Obras Públicas, Lino dos Santos, disse terça-feira, à Agopo, que mil casas do tipo T3 vão ser construídas no município do Chitato, no quadro do Programa Nacional de Urbanismo e Habitação.
Segundo o director provincial, o projecto encontra-se na fase de localização dos terrenos onde serão erguidas as residências, que albergarão cerca de seis mil pessoas.
De acordo com Lino dos Santos, as residências serão construídas nas modalidades de cooperativas (190), parceria público-privada (280), investimento público (280) e iniciativa privada (250).
O responsável disse que as casas sociais serão construídas na reserva fundiária do Chitato, por situar-se próxima da nova centralidade da cidade do Dundo e junto da Estrada Nacional 230.
Quanto aos custos e moldes de aquisição, o dirigente referiu que o preço não será superior ao equivalente a 60 mil dólares em kwanzas, e que uma comissão está a estudar os mecanismos para evitar a especulação do processo.

Tempo

Multimédia