Províncias

Habitantes de zonas diamantíferas livres de analfabetismo

As localidades Veiga e Roque (Lucapa), Kandjamba (Tchitato), Kasexi, Bala Bala e Quinongue (Cuango), Serração Malengue e Kamana (Cambulo), na Lunda Norte, consideradas livres de analfabetismo, informou hoje, no Dundo, a directora do Gabinete Provincial da Educação, Bernadeth Cachoco.

Além das Forças Armadas, as igrejas também são parceiras no processo de alfabetização na Lunda-Norte
Fotografia: DR

Segundo a responsável, citada pela Angop, desde 2018 até a presente data foram alfabetizados 13 mil cidadãos nos módulos 1, 2 e 3, através do programa “Sim eu Posso”, assegurados por 440 alfabetizados.

As mulheres foram as que mais aderiram ao programa, que teve apoio de diferentes parceiros, como as Forças Armadas Angolanas (FAA), a JMPLA, Escola Superior Politécnica do Cuango e diversas denominações religiosas.

A directora deu a conhecer que a situação dos subsídios atrasados provocou uma dívida de 188 milhões de kwanzas. Para minimizar a situação, adiantou que o Ministério da Educação disponibilizou 31 milhões de kwanzas para o pagamento dos meses de Maio, Junho, Julho de 2015, para os mil e 54 alfabetizadores, aguardando-se a regularização da situação.

 

Tempo

Multimédia