Províncias

Lunda-Norte outorga diplomas a 423 licenciados

Victorino Matias/Dundo

Um total de 423 licenciados em Economia, Direito e Ciências da Educação pela Universidade Lueji a N’konde, nas Unidades orgânicas sedeadas na província da Lunda-Norte, recebeu os diplomas na terça-feira, em cerimónia presidida pelo vice-governador para o Sector Técnico e Infra-Estruturas, Lino dos Santos.

Mais quadros vão concorrer no mercado de trabalho
Fotografia: Benjamin Cândido | Edições Novembro

O maior número dos licenciados é da Escola Superior Pedagógica da Lunda-Norte, com 358 formados em Linguística, Matemática, Ensino Primário, Ensino Especial, Biologia, Química e Física, seguido pelas Faculdades de Economia com 24 e de a Direito com 41. No discurso de abertura, o reitor da Universidade, Carlos Yoba, manifestou satisfação pela formação de mais professores, magistrados e economistas na província da Lunda-Norte, reiterando o compromisso da Universidade Lueji aN’konde em “continuar a honrar os propósitos junto da sociedade, famílias e os recém-graduados”.

Segundo o reitor, entre os licenciados, 140 são mulheres, “facto que expressa bem a aposta do género feminino no ensino”. Por seu turno, o vice-governador Lino dos Santos assegurou que o Governo Provincial vai continuar a envidar esforços para melhorar as condições nas faculdades, essencialmente, dos laboratórios. Bernardo Matuca, finalista do curso de Pedagogia, especialidade de Ensino Primário, disse que depois de cinco anos de aprendizagem tem as ferramentas necessárias para exercer a profissão com competência.

Tempo

Multimédia