Províncias

Merenda escolar é alargada

Vitorino Matias | Dundo

Mais de 20 mil alunos das 179 escolas do ensino primário da província da Lunda-Norte beneficiam de merenda escolar, no presente ano lectivo, no quadro do investimento público do governo provincial para a área da Educação.

Programa existe há dois anos
Fotografia: Jornal de Angola

Mais de 20 mil alunos das 179 escolas do ensino primário da província da Lunda-Norte beneficiam de merenda escolar, no presente ano lectivo, no quadro do investimento público do governo provincial para a área da Educação. Este facto foi anunciado pelo director provincial da Educação, Ciência e Tecnologia, Luís Kitamba, no acto de abertura do Programa de Merenda Escolar para o ano lectivo em curso, realizado no fim de semana, na comuna do Xá-Cassau, município do Lucapa.
O responsável da Educação disse que o Programa de Merenda Escolar começou a ser aplicado na província em 2009 e anualmente atende um elevado número de alunos carentes, com idades compreendidas entre os cinco e os 14 anos.
O director disse que o programa abrange seis municípios da província, à excepção do Lubalo, Caungula e Cuilo, pelo facto das vias de acesso para estas áreas estarem degradadas. Mas, segundo Luís Kitamba, tão logo as condições o permitam, o programa é alargado a toda a província.
 Luís Kitamba justificou os atrasos verificados na distribuição da merenda escolar, no presente ano lectivo, com a preparação das condições técnicas e organizativas, para evitar os constrangimentos registados no passado.

Tempo

Multimédia