Províncias

Milhares de crianças vacinadas no Dundo

Armando Sapalo | Dundo

Ao todo, 203.270 crianças, até aos 5 anos, foram vacinadas, entre 25 e 27 de Fevereiro, na Lunda-Norte, contra a poliomielite.

Campanha imuniza petizeses
Fotografia: Paulo Mulaza

Ao todo, 203.270 crianças, até aos 5 anos, foram vacinadas, entre 25 e 27 de Fevereiro, na Lunda-Norte, contra a poliomielite.
No balanço provisório da campanha, apresentado, ontem, a responsável da área de saúde pública e controlo de endemias recordou que na anterior, realizada em Outubro, foram vacinadas 170 mil crianças.
A campanha, referiu Isaura João, foi positiva, pois estava previsto vacinar 221.249 crianças e as estatísticas provisórias aproximam-se muito daquele número, que pode ser ultrapassado, quando se apurarem os dados definitivos.
Isaura João salientou que os números provisórios são conhecidos graças ao empenho de todos intervenientes no processo de combate à poliomielite que na província teve a participação de 442 brigadas.
O município do Chitato, anunciou, foi onde foram vacinadas mais crianças, 40.485, apesar das dificuldades de acesso a certas localidades da comuna do Lóvua causadas pelo desabamento de uma ponte.
As autoridades receiam que, por isso, haja crianças que não tenham sido vacinadas.
Além das dificuldades de acesso, Isaura João lamentou a atitude dos líderes de uma seita religiosa, denominada Malemba, no bairro Camanque-2, que não permitiram que crianças fossem vacinadas.
A responsável da saúde pública e controlo de endemias reiterou a necessidade de maior mobilização da sociedade para aderir ao processo de vacinação contra a poliomielite.
A província da Lunda-Norte registou, no primeiro trimestre do ano passado, 11 casos de poliomielite, nove dos quais no município do Chitato e os restantes no Cuango e Lucapa.
A próxima campanha começa no dia 25, em simultâneo com uma realizada na Republica Democrática do Congo, tendo em vista a erradicação da poliomielite na região fronteiriça. 

Tempo

Multimédia