Províncias

Município do Cambulo com energia irregular

Armando Sapalo | Cambulo

O desenvolvimento sustentável do município de Cambulo, de acordo com o novo paradigma gizado pelo Executivo, vai ser acompanhado com investimentos estruturantes no sector da energia eléctrica, segundo a administradora Isabel Gregório.

O município, acrescentou, enfrenta ainda muitas dificuldades no fornecimento de energia eléctrica. “Existem nove grupos geradores, que funcionam de forma descontínua, pois, além de constantes avarias, há dificuldades de abastecimento regular de combustíveis, devido os altos cultos para a sua aquisição”, disse a administradora.
Isabel Gregório, que se mostrou optimista com o futuro do município quanto ao fornecimento de energia eléctrica, lembrou que a solução do problema passa pelo reforço da potência e aproveitamento hidroeléctrico da barragem do Luachimo, localizada na cidade do Dundo, cujas obras estão em curso.
A par do aumento da capacidade de produção de 8.4 para 34 megawatts, as obras da barragem do Luachimo incluem a construção de uma nova subestação e a recuperação das linhas de transporte de alta tensão, que vão permitir levar energia eléctrica ao Cambulo e arredores, bem como ao município do Lucapa. Segundo a administradora do Cambulo, todas as acções de impacto social em curso e que estão a ser perspectivadas vão ter reflexos positivos na vida dos munícipes.

Combate às assimetrias />
A administradora Isabel Gregório disse que sectores sociais, como Educação e Saúde, carecem ainda de uma especial atenção em termos de investimentos.
A aposta na formação de quadros, através da ampliação da rede escolar, acrescentou, consta entre as prioridades, bem como o recrutamento de mais professores para o município.
A administradora referiu que existem muitas assimetrias quanto à distribuição de quadros e equipamentos de educação no município, onde o processo de ensino e aprendizagem é assegurado por 499 professores, número insuficiente, uma vez que para as actuais necessidades pedagógicas são necessários mais 180.
A rede escolar do Cambulo, segundo a administradora, conta com 25 estabelecimentos de ensino, que totalizam 180 salas de aula. No presente ano lectivo, foram matriculados 21.350 alunos, dos quais 7.486 do sexo feminino.
O município do Cambulo tem 15 unidades sanitárias, das quais um hospital municipal “Doutor José Eduardo do Carmo Nelumba” e o sanatório, disse Isabel Gregório, acrescentando que estão em curso diversas acções de impacto social, para melhorar a qualidade de vida da população.

Tempo

Multimédia