Províncias

Município do Lubalo em grande progresso

João Silva | Dundo

O município do Lubalo, província da Lunda-Norte, passou a contar com sete novas infra-estruturas administrativas e sociais, o que contribuiu para a melhoria das condições de vida das populações.

O município do Lubalo, província da Lunda-Norte, passou a contar com sete novas infra-estruturas administrativas e sociais, o que contribuiu para a melhoria das condições de vida das populações.
As infra-estruturas, inauguradas pelo governador Ernesto Muangala, estão inseridas no Programa Municipal Integrado de Desenvolvimento Rural e de Combate à Pobreza. Na sede municipal, foram inauguradas as instalações da administração local, a residência do administrador, casas protocolar e do regedor, e na comuna do Luangue, a sede da administração, a casa do administrador e o centro de saúde, no bairro Saitar, que vai atender 650 habitantes.
Em curso estão as obras de uma escola primária com três salas e residência para professores, a reabilitação do centro médico e a casa do enfermeiro, na povoação do Lunguena. Está a ser reparado o sistema de captação e distribuição de água, no Luangue, e a ser construída uma escola primária e casa para professores na Comuna do Muvulegi. As infra-estruturas vão ser inauguradas na primeira quinzena de Janeiro.
O administrador Baptista Miguel está preocupado com a inexistência de infra-estruturas na comuna de Muvulegi mas lembrou que os investimentos não chegam à localidade devido ao mau estado das vias e pontes sobre os rios Cuilo e Fotongo.
O estado em que se encontra a via do Luangue até à sede do município requer um grande investimento e a aplicação de uma técnica avançada para se ultrapassar o problema, assegurou o administrador.
A sede do município conta com um centro médico, sistemas de energia e de de água potável funcionais, uma escola primária e outras infra-estruturas.
O regedor Muanama deu os parabéns ao Governo Provincial por construir infra-estruturas sociais: “estamos muito contentes com estas acções e o resto acredito que vai ser feito”.

Tempo

Multimédia