Províncias

Município tem novas escolas

Isidoro Samutula | Capenda Camulemba

Os 450 alunos que estudavam em salas improvisadas nas localidades de Muana Mena, Chilambo e Calunga Txilombo, município de Capenda-Camulemba, Lunda-Norte, passaram a fazê-lo em duas novas escolas, cada uma delas com três salas.

As comunidades beneficiam da reabilitação e construção de várias infra-estruturas socais
Fotografia: Jornal de Angola

A juntar a estes dois estabelecimentos há escola do II ciclo do ensino secundário que foi remodelada e passou a ter seis salas em vez de quatro para 864 alunos.
Os novos estabelecimentos de ensino foram inaugurados pelo governador provincial, Ernesto Muangala, no âmbito das comemorações do 38º aniversário da Independência Nacional.
O município de Capenda-Camulemba  tem agora seis salas para o segundo ciclo, oito para o primeiro e 101 para o ensino primário.
O chefe de repartição da Educação garantiu que vão continuar a se ser construídas escolas, principalmente nas áreas distantes das sedes municipais e comunais.
Rafael Cassange afirmou que no próximo ano são inauguradas escolas nas localidades de Muamuzombo, Holo, Mafica e Cassange Calombo. O município, referiu, tem 226 professores, mas são precisos mais cem. Quanto ao programa de alfabetização e aceleração escolar, declarou que a adesão de adultos tem sido grande, principalmente de mulheres. Neste ano lectivo há 3.700 pessoas a frequentarem os módulos 1, 2 e 3, mas há apenas 40 alfabetizadores, pelo que são precisos mais 30, disse Rafael Cassange. Em Capenda-Camulemba foram inaugurados o Largo da Paz, com capacidade para 50 pessoas, com jango, palco para espectáculos e uma tribuna e o jardim 4 de Abril em frente à sede da Administração, com bancos, dois repuxos, duas quedas de água e iluminação.

Tempo

Multimédia