Províncias

Rede de transportes públicos reforçada com mais autocarros

Armando Sapalo /Dundo

Os serviços de transportes públicos colectivos da cidade do Dundo, capital da província da Lunda-Norte, contam com mais uma frota de dez autocarros, destinados ao tráfego urbano.

Autocarros que vão facilitar o tráfego urbano da população
Fotografia: Armando Sapalo | Edições Novembro | Dundo

O director do Gabinete Provincial dos Transportes, Tráfego e Mobilidade Urbana, David Dumba, disse à imprensa que os autocarros vão circular apenas no distrito da cidade do Dundo.
 O responsável informou que as operadoras do sector que apresentarem capacidade técnica e financeira, que permite assegurar a manutenção das viaturas, poderão ter o direito de explorar os autocarros.
 “Além destes pressupostos, os operadores que mostrarem interesse também têm de ter licença e estar no mercado, no mínimo, há três anos, e sem dívida com o Estado”, explicou o director David Dumba.
Ter cinco autocarros a circular é, segundo o director do Gabinete Provincial dos Transportes, outra das exigências estabelecidas pelo Governo para os empresários habilitarem-se à aquisição das viaturas.
 David Dumba esclareceu que, depois de apresentar os requisitos necessários, o operador deve proceder ao pagamento de dois milhões e 917 mil kwanzas inicialmente.  Com capacidade para 34 lugares sentados,  28 de pé, os autocarros estão  avaliados, cada, em 58 milhões de kwanzas, sendo que para a sua amortização o empresário deve mensalmente depositar 400 mil kwanzas.  
 
Novas rotas
David Dumba disse que foram criadas três novas rotas para os transportes colectivos públicos, com vista a facilitar a mobilidade dos moradores dos três distritos urbanos da cidade do Dundo, por ter registado, nos últimos anos, um crescimento populacional e habitacional considerável.
O Governo Provincial da Lunda-Norte recebeu, em 2017, 25 autocarros que actualmente prestam serviços urbanos, inter-municipais e provinciais.

Tempo

Multimédia