Províncias

Regedores solicitam mais serviços sociais no Cuango

Armando Sapalo |Cuango

As autoridades tradicionais do município do Cuango, Lunda-Norte,  pediram ao governo da província para imprimir  maior dinamismo na execução dos projectos socais, visando proporcionar  melhor qualidade de vida às populações locais.

Governador visitou as obras sociais em construção no município do Cuango e mostrou-se satisfeito pelo andamento dos trabalhos
Fotografia: Armando Sapalo| Lunda -Norte

O desejo foi manifestado durante um encontro com o governador provincial, Ernesto Muangala que se deslocou ao Cuango para se inteirar do andamento das obras em curso. O regedor  Renaldo Muanacaia,  informou que uma atenção especial deve ser prestada à construção  de mais  infra-estruturas sanitárias e escolares,   tendo em conta a redução das  carências  que  ainda se registam nesses  sectores de crucial importância para a vida das comunidades.
O regedor reconheceu os esforços  empreendidos pelo Executivo na melhoria das condições das populações, mas disse ser necessário fazer mais e melhor para que os habitantes do município do Cuango, sobretudo os que residem em zonas distantes da sede, tenham à disposição os serviços socais básicos.
A escassez de hospitais, centros e postos médicos faz com que grande parte da população, principalmente mulheres grávidas e crianças,   continuem a  percorrer longas distâncias para terem acesso à assistência sanitária.
Renaldo Muanacaia defendeu também o  asseguramento  do sistema de saneamento básico, através da contratação de empresas especializadas na remoção de resíduos sólidos, referindo que a existência de   elevadas quantidades de lixo tem estado na origem de  várias doenças.  Relativamente ao sector da Educação, a autoridade tradicional reconheceu que existem melhorias substanciais, uma vez que a maioria das crianças do município, com idade escolar, tem acesso ao ensino, mas alertou as entidades da província para a existência de alunos, em número considerável, a estudarem em salas sem o mínimo de condições.
“O município precisa de mais escolas, porque  muitas crianças desta região ainda continuam  a assistir às aulas nas igrejas. Tenho a certeza de que a visita de trabalho do  governador Ernesto Muangala  ao município do Cuango vai impulsionar  a  concretização dos programas traçados”.  Um outro problema apontado pelo regedor tem a ver com  o surgimento de ravinas que  ameaçam  a vila de Cafunfo, tendo solicitado às autoridades governamentais para tomarem as devidas precauções. 

Encontro com a juventude


Renaldo Muacanaia enalteceu a iniciativa dos encontros de auscultação com a juventude, tendo em conta que “marcam o ponto de partida para a solução dos seus principais problemas”. O Director Provincial das Obras Públicas, Alteres Malenga, esclareceu as autoridades tradicionais  que o sistema de educação do município do Cuango vai ser reforçado,  com a entrada em funcionamento,    no  próximo ano lectivo,   de duas novas escolas com oito salas cada. As obras  estão em curso e ficam concluídas em Novembro deste ano. No município do Cuango vão ser ainda construídos dois centros de saúde e vai ser reabilitado e ampliado o centro médico.  
O responsável das Obras Publicas assegurou  que o governo provincial está preocupado  com o surgimento das ravinas na vila de Cafunfo e garantiu que estudos e projectos  estão a ser desenvolvidos. Esclareceu que esteve recentemente no município   um grupo de técnicos  que fez trabalhos preliminares em termos de constatação e avaliação do impacto das ravinas. 

Estancamento das ravinas

“O principal responsável na contenção das ravinas  é o ministério da Construção que, por sua vez, já disponibilizou verbas, no âmbito do Orçamento Geral do Estado de 2012, para permitir a intervenção e estancamento das ravinas no Cuango”, disse Alteres Malenga.
O encontro do governador provincial com as autoridades tradicionais surge na sequência da visita de trabalho de tês dias que realiza ao município  do Cuango, com o objectivo de verificar o grau de execução dos Programas de Combate à pobreza e de Investimento Públicos (PIP 2013).
 O governador da Lunda-Norte recebeu garantias das autoridades municipais de que a melhoria da disponibilização financeira está a facilitar a execução dos projectos  de impacto social a nível da educação, o que constitui uma das principais prioridades na região, tendo em conta que a maior parte dos seus habitantes reside no meio rural.
O município do Cuango conta com 173 salas de aulas para um universo de 40 mil alunos, matriculados no presente ano lectivo. Ernesto Muangala vai deslocar-se ainda à comuna do Luremo, onde estão a ser  erguidos equipamentos socioeconómicos, destinados ao reforço do sistema de saúde e educação. 

Tempo

Multimédia