Províncias

Sector de saúde regista melhoras

Cerca de um milhão de habitantes da Lunda-Norte beneficiaram, em 2011, de vários serviços de saúde, educação e energia e água, além de crédito agrícola, anunciou, no Dundo, o vice-governador para o sector económico.

Cerca de um milhão de habitantes da Lunda-Norte beneficiaram, em 2011, de vários serviços de saúde, educação e energia e água, além de crédito agrícola, anunciou, no Dundo, o vice-governador para o sector económico.
Porfírio Muacassange, que fazia o balanço de 2011, disse terem sido construídas 39 escolas, com um total de 156 salas, que permitiu inserção de 156.564 crianças no sistema de ensino e de 107 que estudavam em condições precárias.
A par disso, declarou, 17 mil alunos de 48 estabelecimentos do ensino primário beneficiaram do programa de merenda escolar.
Todos estes benefícios foram possíveis graças ao programa municipal integrado de desenvolvimento rural e de combate à pobreza.
O programa, referiu, também aproximou mais a população aos serviços de saúde, com a construção de 21 postos médicos, que contribuíram para a redução significativa da mortalidade materno-infantil.
No âmbito do programa do Executivo “Água para todos”, salientou, foram concluídos 12 furos de água e oito pequenos sistemas de abastecimento.
O vice-governador disse que o crédito agrícola de campanha beneficiou 408 camponeses dos quatros municípios e que a execução dos projectos sociais previstos no programa criou 1.845 postos de trabalho directos e 61 indirectos.

Tempo

Multimédia