Províncias

Trabalhos vão mudar a imagem da cidade

Armando Sapalo| Dundo

O governo provincial da Lunda-Norte está a reabilitar as infra-estruturas rodoviárias da periferia da cidade do Dundo, com realce para a estrada da fazenda agropecuária do Cacanda, numa extensão de cinco quilómetros.
O vice-governador para os Serviços Técnicos e Infra-estruturas, arquitecto Lino dos Santos, esclareceu, na terça-feira, durante uma jornada de campo, que os trabalhos se enquadram nos projectos traçados pelo governo provincial.

Neste momento está a ser lançado o tapete asfáltico numa extensão de cinco quilómetros
Fotografia: Armando Sapalo| Dundo

O governo provincial da Lunda-Norte está a reabilitar as infra-estruturas rodoviárias da periferia da cidade do Dundo, com realce para a estrada da fazenda agropecuária do Cacanda, numa extensão de cinco quilómetros.
O vice-governador para os Serviços Técnicos e Infra-estruturas, arquitecto Lino dos Santos, esclareceu, na terça-feira, durante uma jornada de campo, que os trabalhos se enquadram nos projectos traçados pelo governo provincial, com vista à recuperação da rede viária periférica da cidade do Dundo, para conferir maior segurança e conforto aos seus utentes.
Lino dos Santos confessou estar satisfeito com o andamento das obras e pelo cumprimento rigoroso dos prazos estabelecido para a sua conclusão.
A estrada da Cacanda, para além de facilitar o incremento de negócios a serem proporcionados pelo maior projecto agrícola da província, vai igualmente conferir um nova imagem e dignidade ao local escolhido pelas autoridades locais para a realização da feiras, para a promoção do intercâmbio comercial entre agricultores e criadores de gado das diferentes regiões do país.
A estrada, segundo o vice-governador, também vai facilitar também a implementação de mais projectos sociais, como escolas, postos médicos, distribuição de água e energia eléctrica às populações residentes na zona circundante à Fazenda do Cacanda.
As obras em cursos são financiadas pelo fundo do governo provincial e, após a sua conclusão, o governo da província prevê, igualmente, reabilitar a estrada que liga a cidade à barragem hidroeléctrica do Luachimo, que também se encontra em avançado estado de degradação, devido aos inúmeros buracos ao longo do percurso.
O chefe de brigada de estradas da Freimar, António Malonga, empresa que vai responsabilizar-se pela requalificação da rede viária da periferia do Dundo, assegurou que a obra vai ser entregue até final deste mês. Os trabalhos encontra-se numa fase avançada e, neste momento, está a ser efectuar a colocação do novo tapete asfáltico, depois de terem sido feitos os serviços preliminares que visam garantir a qualidade e durabilidade do projecto.
O responsável referiu que durante os trabalhos de terraplanagem foram utilizados meios como escavadoras, niveladoras e cilindro, que permitiram colar a argila à superfície plana, ao longo da estrada.
O próximo passo, segundo explicou, será o lançamento do tapete asfáltico propriamente dito, referindo, por outro lado, que com a execução das obras, a sua empresa deu emprego a 56 jovens angolanos, entre operadores de máquinas e ajudantes. Depois de reabilitada, a estrada vai possuir sete metros de largura contra os anteriores cinco e espaços de mais dois metros onde vão ser construídas sarjetas e valas de drenagem.
A empresa tem encontrado no terreno algumas dificuldades, sobretudo com alguns motociclistas e pessoas de má fé que, várias vezes, tentam sabotar o trabalho que está a ser desenvolvido. "Os mesmos praticam actos de vandalismo e abusam da via enquanto os técnicos efectuam os trabalhos", lamentou.

Outras obras

Além da reabilitação das infra-estruturas rodoviárias, Lino dos Santos garantiu que vários outros projectos estão a ser realizados na cidade, no âmbito dos programas do desenvolvimento económico e social da província da Lunda-Norte. Após a conclusão das obras de requalificação da Rotunda do aeroporto e da praça Dr. António Agostinho Neto, a cidade vai passar a ter uma imagem mais digna e confortável. A empreitada contempla a colocação de novas placas informativas, lancis, passeios, iluminação especial, e o alargamento dos espaços verdes, com vista a contribuir para a melhoria do saneamento básico da cidade.
O projecto é extensivo às outras rotundas existentes na cidade, porque o governo está a investir na reparação de todas artérias consideradas bilhete-postal do Dundo.
Até aos final do ano e princípios de Fevereiro de 2012, o governo da Lunda-Norte prevê inaugurar, também, o internato da escola superior Pedagógica, com capacidade para acolher 80 estudantes universitários, e a nova casa protocolar, que vai igualmente servir de residência oficial do governador provincial.

Tempo

Multimédia