Províncias

União de Camponeses realiza feiras

Isidoro Samutula | Chitato

A direcção provincial da União Nacional dos Camponeses Angolanos (UNACA) da Lunda-Norte está a realizar feiras agrícolas nos bairros da periferia da cidade do Dundo, município do Chitato, para promover a comercialização dos produtos do campo e enaltecer o potencial agrícola da região.

 
A direcção provincial da União Nacional dos Camponeses Angolanos (UNACA) da Lunda-Norte está a realizar feiras agrícolas nos bairros da periferia da cidade do Dundo, município do Chitato, para promover a comercialização dos produtos do campo e enaltecer o potencial agrícola da região.
 O secretário provincial da UNACA, Daniel Mutambeleno, salientou que a exposição periódica dos produtos agrícolas vai permitir aos camponeses organizarem os mercados de venda nas áreas de sua jurisdição, praticando preços compensadores que possibilitem prever outros investimentos e reembolsar o crédito cedido pelo Banco de Poupança e Crédito.
“É o método que encontrámos para que os camponeses possam vender os seus produtos de forma organizada e sob supervisão da UNACA, porque as vendas realizadas nos mercados paralelos não compensam os esforços dos camponeses”, disse Daniel Mutambeleno.
 O responsável da UNACA disse igualmente que é preciso ensaiar vários métodos de organização, para tornar visível o trabalho desenvolvido pelos camponeses nos diferentes municípios, garantindo a sua rentabilidade, para que seja possível combater a fome e a pobreza no seio das famílias.
O escoamento dos produtos dos campos de cultivo para áreas de exposição, segundo Daniel Mutambuleno, “continua a ser o velho problema que precisa de ser resolvido para o êxito deste programa, tendo em conta as distâncias que os camponeses percorrem, transportando os produtos de forma imprópria”.
Mostrando-se satisfeito com o empenho da administração municipal do Chitato na concretização desse projecto, considerou que a iniciativa deve ser abraçada pelas restantes administrações municipais, como forma de encorajar os camponeses a empenharem-se para o aumento e diversificação da produção agrícola.
Os níveis de produção agrícola da província têm melhorado substancialmente nos últimos dois anos, com uma maior intervenção do Instituto de Desenvolvimento Agrícola (IDA) e da Direcção Provincial da Agricultura, no acompanhamento e distribuição de instrumentos de trabalho, sementes e fertilizantes aos camponeses, afirmou Daniel Mutambeleno.
A UNACA na Lunda-Norte tem inscritas 571 associações de camponeses e 97 cooperativas, das quais 95 associações e sete cooperativas estão localizadas no município do Chitato.

Tempo

Multimédia