Províncias

Violência doméstica está a diminuir

Isidoro Samutula | Dundo

A Lunda-Norte regista uma considerável diminuição de casos de violência doméstica “devido ao cumprimento da Lei pela população”, disse, na cidade do Dundo, a directora provincial da Família e Promoção da Mulher.

A Lunda-Norte regista uma considerável diminuição de casos de violência doméstica “devido ao cumprimento da Lei pela população”, disse, na cidade do Dundo, a directora provincial da Família e Promoção da Mulher.
Lourdes José, que falava no encerramento do conselho provincial da família, afirmou que a divulgação da Lei sobre a Violência Doméstica e a realização de palestras sobre o assunto têm contribuído para a redução de casos.
A direcção provincial da Família e Promoção da Mulher registou, no primeiro trimestre deste ano, 90 casos de violência doméstica, principalmente relacionados com fuga à paternidade e incumprimento da mesada, referiu Lourdes José, acrescentando que “os jovens são os principais prevaricadores”.


Promoção do auto emprego


A directora provincial da Lunda-Norte da Família e Promoção da Mulher sublinhou ser necessário promover o auto emprego, com recurso ao micro crédito, como forma de ocupar os jovens e reiterou o empenho das autoridades na promoção de debates sobre a importância da socialização das famílias.
Neste conselho provincial foram analisados vários assuntos, entrem os quais a moralização da família e da sociedade, a política nacional de género, a valorização da família e reforço das suas competências.

Tempo

Multimédia