Províncias

Voluntários na Lunda Norte melhor formados para agir

João Silva | Dundo

Voluntários de várias organizações da província da Lunda Norte estão melhor preparados para prestar os primeiros socorros após terem participado, no Dundo, numa acção de formação promovida pela Cruz Vermelha de Angola (CVA).

Cruz Vermelha de Angola promove várias acções para melhorar a assistência médica
Fotografia: Paulo Mulaza

Na formação, em que participaram 20 coordenadores dos comités sectoriais dos municípios do Chitato, Lucapa e Cambulo, foram tratados  temas sobre os princípios fundamentais do movimento internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho, noções básicas da anatomia do corpo humano, exame geral da vítima e reunificação das crianças e das famílias em situação difícil.
Avaliações cardiorespiratórias, lesões articulares, queimaduras, alterações do estado de choque, higiene individual e colectiva foram, entre outras, também analisadas das secções de formação dos voluntários.
Os voluntários da CVA na Lunda Norte foram igualmente informados sobre os problemas dos comités da organização nas zonas de exploração diamantífera que preocupam a instituição humanitária devido aos riscos por que passam as pessoas nas áreas de garimpo.
O director nacional de programas, serviços e cooperação da C­VA, Bernardino Culombola, disse que a instituição tem mais de quatro mil voluntários em todas as províncias.

Tempo

Multimédia