Províncias

Alunos do ensino básico aprendem a fazer jornais

João Salvo e Joaquina Munji | Saurimo

Um grupo de cem crianças de várias escolas do ensino primário e do primeiro ciclo da província da Lunda Sul participam até amanhã, em Saurimo, numa acção de formação sobre “Noções básicas de jornalismo”, numa iniciativa do Instituto Nacional da Criança (INAC), em parceria com a direcção provincial da Comunicação Social.

Durante dois dias, vão ficar a saber o que é a pauta jornalística, as diferenças entre os vários géneros jornalísticos, como se prepara e elabora uma notícia, características da rádio, linguagem radiofónica, reportagem e a comunicação social.
A directora do INAC, Irene Maxinde, disse que a promoção deste seminário se destina a incentivar as crianças e os directores das escolas a terem o hábito de recolher informações que sirvam de suporte à criação de “jornais murais” nas instituições de ensino. A agenda do INAC, traçada no quadro da jornada da criança, abarca a realização de marchas sobre a importância da preservação do meio ambiente e de repúdio contra a exploração do trabalho infantil, além da realização de concursos de desenho nas escolas do ensino primário.
O surgimento do jornalismo, rádio e jornais, e a importância de que se reveste na nossa vida suscitaram algumas interrogações aos participantes. Os pequenos João Elisandro e Txanda Ngalula referiram o interesse pela iniciativa, que lhes despertou a vontade de um dia virem a ser jornalistas.
Na abertura dos trabalhos, o vice-governador da Lunda Sul para o sector político e social, João Baptista Manassa, disse que a realização de seminários sobre jornalismo faz parte do programa dos 11 compromissos com a criança traçados pelo Executivo e pediu-lhes para estarem muito atentos para aproveitarem o máximo possível esta acção.

Tempo

Multimédia